Redação Pragmatismo
Compartilhar
Corrupção 26/Mar/2012 às 12:55
2
Comentários

Demóstenes Torres pede clemência e apela à 'Deus'. Ele será expulso do DEM?

O choro de Demóstenes Torres no Twitter parece não ter sensibilizado a cúpula do DEM, que tenta evitar a sangria desatada. Em entrevista, o presidente do partido, senador Agripino Maia, revelou que tem pressa para resolver o baita inferno

Demóstenes Agripino Maia Cachoeira DEM

Agripino Maia, presidente do DEM, não sabe o que fazer com Demóstenes, acusado de envolvimento com um dos maiores criminosos do Brasil

Altamiro Borges

Saiu na coluna do jornalista Ilimar Franco no jornal O Globo de sábado (24):

O DEM ainda espera que o líder do DEM, senador Demóstenes Torres (GO), consiga se livrar das acusações. Do contrário, ele será expulso.

O inferno astral do DEM

A informação confirma o infernal astral vivido pelo DEM. Depois da prisão do ex-governador Arruda, cotado para ser o “vice-careca” de José Serra, do racha do PSD de Gilberto Kassab, do êxodo de um governador, uma senadora e 17 deputados federais, agora é Demóstenes Torres, o falso ético com ambições presidenciais para 2014, que deflagra uma nova crise no combalido DEM.

A cada dia surgem novas provas contra Demóstenes no rastro da Operação Monte Carlo, que levou para a cadeia o mafioso Carlinhos Cachoeira. Depois das revelações sobre o presentinho de casamento e dos telefonemas entre ambos, neste final de semana pintou a denúncia mais grave. Leandro Fortes, da CartaCapital, revelou que Demóstenes embolsaria 30% dos “negócios” do bicheiro.

O implacável senador pede clemência

Diante deste bombardeio, o senador – que sempre atirou para matar contra os seus adversários políticos, fantasiando-se de vestal da ética – decidiu pedir clemência pelo twitter no sábado (24). O líder do DEM, que se projetou na mídia venal como um assassino de reputações, disparou várias mensagens: “Não compactuo com qualquer esquema ilícito, não integro organização ilegal”.

Noutro twitter, ele reconheceu que a reportagem de Leandro Fortes foi a que mais o baqueou. “De todos os absurdos publicados contra mim, os mais danosos estão no site da CartaCapital. Os informantes da revista estão enganados”. O jornalista respondeu de pronto. Argumentou que não tem “informante”, como Demóstenes, mas sim documentos comprobatórios da Polícia Federal.

O “incômodo” do presidente do DEM

O senador, que nunca respeitou a “presunção da inocência” inscrita na Constituição, posou de injustiçado. “Desminto as inverdades em respeito a minha família, meus amigos, minhas colegas e meus colegas senadores, a Goiás e ao Brasil”. E, sem medir o ridículo, disparou: “Para tripudiar sobre mim e o mandato que o povo me confiou, desrespeitam elementares princípios constitucionais”.

A lamúria na internet, porém, parece não ter sensibilizado a cúpula do DEM, que tenta evitar a sangria desatada. Em entrevista, o presidente do partido, senador Agripino Maia, revelou que tem pressa para resolver o baita inferno. “O nosso incômodo é com a dúvida. Confiamos no Demóstenes… As denúncias não podem ficar sem conclusões. Essas dúvidas é que são o nosso incômodo.”

No twitter, o senador Demóstenes Torres apelou para o divino. “O sofrimento provocado pelos seguidos ataques a minha honra é difícil de suportar, mas me amparo em Deus e na certeza de minha inocência”. Pelo desenrolar das investigações, o senador pode acabar indo para o inferno.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Angelina Postado em 30/Mar/2012 às 16:02

    Com certeza ele será expulso. Provará da mesma moeda que ele armou para que Arruda fosse expulso do partido.

  2. ALTAMIRO Postado em 02/Apr/2012 às 15:10

    O ARUDA JA SABIA QUE NAO PRESTAVA,MAS DEMOTENES NUS ENGANOU QUE VA PAGAR COM MUITO SOFRIMENTO O QUE FES AO POVO GOIANO