Redação Pragmatismo
Eleições 2022 26/Nov/2021 às 08:28 COMENTÁRIOS
Eleições 2022

Cantanhêde faz defesa apaixonada de Moro: "Ele nunca prendeu um negro pobre"

Publicado em 26 Nov, 2021 às 08h28

Candidato preferido da imprensa tradicional, Sergio Moro tem recebido demonstrações públicas de defesas apaixonadas por parte de jornalistas conhecidos. Ao declarar apoio ao ex-juiz, Cantanhêde disse ainda que gostou da “embocadura dele”

Eliane Cantanhêde
Eliane Cantanhêde

Naian Lopes, DCM

Eliane Cantanhêde tirou a “máscara” e assumiu seu apoio ao ex-ministro Sergio Moro, que é pré-candidato ao cargo de presidente. A comentarista da GloboNews declarou que o ex-juiz parcial “nunca prendeu um negro pobre”. Insinuando que isso era algo positivo para candidatura dele.

A jornalista falou que “tudo conspira a favor do Moro” e que gostou da “embocadura dele”. Ela ainda destacou a desistência do ex-ministro Mandetta e a confusão nas prévias do PSDB. Vale ressaltar que a comentarista já chamou os tucanos de “partido da massa cheirosa”.

Cantanhêde ignorou o fato de Moro ter sido responsável pela perseguição contra o ex-presidente Lula revelada pelas mensagens e documentos da Vaza Jato. Ex-ministro de Bolsonaro, Moro acabou sofrendo suspeição por parte do Supremo.


RELEMBRE:
Diálogos entre Moro e Dallagnol revelam o maior escândalo do judiciário brasileiro
Moro tratou Lula pior que animal levado a matadouro, diz ministro do STF

Nas redes sociais, o público ficou irritado com o comentário de Eliane na GloboNews. Jean Wyllys se manifestou. “Eliane Cantanhede me envergonha. Sua sabujice é nojenta”, comentou.

“Impressiona-me a maneira como bajula homens brancos de direita e se presta a mentir descaradamente em favor deles. Ela e Vera Magalhães são farinha do mesmo saco e igualmente: ativistas de direita disfarçadas de jornalistas”, completou.

Críticas a Bolsonaro e Lula

Para enaltecer Moro, Cantanhêde direcionou críticas a Bolsonaro e Lula. “Quando olhamos 2022, partimos de Bolsonaro. É preciso olhar sobretudo o Jair Bolsonaro. Ele jogou fora todo o discurso de 2018 de combate à corrupção, jogou fora o Moro, não endossou nenhum projeto de combate à corrupção. Falou contra a velha política, mas está abraçado ao Centrão. Ele disse que entregou a alma ao Centrão”, pontuou a jornalista.

“Pegou a reforma administrativa e trancou na gaveta, a reforma tributária, trancou na gaveta, a da Previdência, lavou as mãos. Ele jogou fora a persona Bolsonaro de 2018. Não tem economia, meio ambiente, não tem social, cultura. E já ia me esquecendo da política externa brasileira”, continuou.

Sobre Lula, que lidera todas as pesquisas, Cantanhêde acredita que a campanha não será fácil também para ele. “O Lula está em primeiro em todas as pesquisas, mas a campanha não começou. Quando começar, ele vai sair da zona de conforto. Em qualquer lugar que ele vá, será confrontado sobre Mensalão, Petrolão, Odebrecht. A campanha vai ser difícil para ele também”, estima.

Recomendações

COMENTÁRIOS