Redação Pragmatismo
Cultura 31/Jan/2020 às 12:06 COMENTÁRIOS
Cultura

"Eu sei o que fizemos na sua casa na Barra", diz José de Abreu para Regina Duarte

Publicado em 31 Jan, 2020 às 12h06

José de Abreu deu mais uma cutucada em Regina Duarte após a atriz assumir o cargo de Secretária da Cultura do governo Jair Bolsonaro. Dessa vez, o ator sugeriu que a biografia da atriz é comprometedora. Filha de Regina se diz preocupada

regina duarte josé de abreu
Regina Duarte

“Eu sei o que fizemos na sua casa, na Barra da Tijuca. Eu sou artista, assumo meus vícios e me liberei deles. Mas você, assumindo um cargo público, vai ter que prestar conta deles”.

O depoimento acima é do ator José de Abreu, 73, e foi direcionado para a sua ex-colega de trabalho, Regina Duarte, de 72 anos. A atriz assumiu nesta semana o cargo de Secretária da Cultura do governo Jair Bolsonaro.

A mensagem despertou curiosidade, repercutiu e o ator acabou apagando a publicação. José de Abreu tem desafiado a atriz a discutir política mais de perto. Logo que Regina foi convidada por Bolsonaro para o cargo, o ator se posicionou de maneira crítica.

“Desafio Regina Duarte a debater política, cultura, ponto eletrônico, Rouanet e o que mais quiser, no foro que escolher, no momento em que quiser. Está lançado o desafio que sei, de antemão, que ela [Regina] jamais aceitará. De quebra pode levar (Carlos) Vereza, Maitê (Proença) e quem mais escolher”.

“Assuma seu cargo de apoiadora de fascista se tiver coragem. E aguente as consequências. Outra coisa, EU NÃO ESTOU SÓ! Arrisco minha carreira para impedir que uma colega minha se atire num poço sem fundo”, conclui o ator.

Enquanto ainda estava flertando com Bolsonaro, Regina Duarte teceu elogios ao atual governo: “Nunca é demais lembrar o tanto de respeito que este governo tem pelo seu povo”.

José de Abreu rebateu: “Seu povo, o povo dele, não o povo brasileiro: ministros analfabetos, milicianos, corruptos, nazistas, militares e policiais assassinos, torturadores, pedófilos. Realmente, ela está preparada para o cargo”.

Filha apreensiva

A atriz Gabriela Duarte, filha de Regina Duarte, está apreensiva com o fato de sua mãe ter aceitado o convite para ser secretária de Bolsonaro.

Segundo pessoas ligadas à família, a opção envolve riscos e alta exposição. Questionada, a atriz não quis comentar a decisão de Regina. As informações são da jornalista Mônica Bergamo.

Depois de aceitar o cargo no governo, Regina Duarte foi “demitida” ao vivo por William Bonner em edição do Jornal Nacional.

O âncora do telejornal da TV Globo leu uma nota da emissora: “Globo e Regina Duarte estão negociando o fim da relação contratual em função da decisão da atriz de aceitar o convite para ocupar a Secretaria Especial da Cultura”.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Regina Duarte, as drogas e os gays:

Recomendações

Comentários