Redação Pragmatismo
Educação 29/Jan/2020 às 16:47 COMENTÁRIOS
Educação

Colégio é denunciado por cancelar bolsas de estudo de estudantes gays

Publicado em 29 Jan, 2020 às 16h47

Escola particular é acusada de homofobia por cancelar bolsas de estudo de alunos após eles assumirem a homossexualidade. Os estudantes são atletas e representavam o colégio em competições nacionais e internacionais. Além disso, eles tiravam boas notas. Exposição de Frida Khalo também foi cancelada

colégio interactivo bolsas de estudo

Uma escola da cidade de João Pessoa (PB) está sendo acusada de homofobia por cancelar as bolsas de estudo de dois alunos que recentemente se declararam homossexuais.

Os estudantes são atletas e representavam o ‘Colégio Interactivo’ em campeonatos nacionais e internacionais e, segundo eles, também tiravam boas notas.

As denúncias dos alunos, que são irmãos gêmeos, foram publicadas nas redes sociais e repercutiram. “Só no ano passado comecei a me aceitar de verdade e fazer coisas que não fazia por medo do julgamento dos outros. Achei que podia ser eu mesmo na escola, um local onde a gente aprende a viver”, relata um estudante.

“Mas me enganei. Fui humilhado pela coordenação apenas porque usei maquiagem. Mandaram eu tirar, alegando que eu desrespeitava a escola. E mandaram dizer que a ordem não partiu deles. Isso me machucou”, continua o jovem.

Um outro estudante, colega dos irmãos, conta que foi testemunha de atitudes preconceituosas da escola, dizendo que alunas foram repreendidas por estarem “muito próximas” uma da outra e que um casal gay foi advertido por andar de mãos dadas.

O estudante revelou ainda que uma exposição de Frida Khalo foi cancelada pelo colégio por conta da bissexualidade da artista. Segundo o aluno, a coordenação argumentou que as crianças não compreenderiam.

Após a denúncia, o ‘Colégio Interactivo’ impossibilitou os comentários em seus canais nas redes sociais. A escola divulgou uma nota para rebater as acusações. Leia abaixo.

Nota do Colégio Interactivo

O Colégio Interactivo, ao longo dos seus 20 anos de história em serviços prestados para as famílias paraibanas e sendo referência em ensino de qualidade em João Pessoa, viu com perplexidade as falsas e levianas acusações que foram disseminadas em algumas redes sociais da internet.

Queremos esclarecer a toda a sociedade que o Colégio Interactivo, incluindo toda a direção, todo o corpo docente e demais colaboradores da instituição, não faz qualquer tipo de discriminação de gênero, orientação sexual, raça ou qualquer tipo de acepção de pessoas.

O Colégio Interactivo ainda esclarece que anualmente oferece descontos e bolsas integrais a estudantes, que são concedidas e reavaliadas individualmente […] ressaltando que a não renovação de bolsas ou descontos não é impeditivo que o beneficiado continue estudando na escola.

A direção da escola deixa claro que é a favor da liberdade de expressão, e que baseia seus valores em ética, lealdade, afetividade, compromisso e cristianismo, bem como investe no conforto no ambiente de estudo e convivência.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários