Redação Pragmatismo
Tragédia 08/Jan/2020 às 09:19 COMENTÁRIOS
Tragédia

Avião cai no Irã e mata 176 pessoas; veja o que já se sabe da tragédia

Publicado em 08 Jan, 2020 às 09h19

Boeing 737 ucraniano cai no Irã com 176 pessoas a bordo; não há sobreviventes. Ucrânia volta atrás e descarta problema mecânico. A queda da aeronave ocorreu horas após duas bases dos EUA no Iraque serem atacadas pela Guarda Revolucionária do Irã

queda de avião no irã
Imagem registrada instantes após a queda do avião ucraniano no Irã (divulgação)

Um avião ucraniano com mais de 170 pessoas a bordo caiu na manhã de hoje no Irã. A queda do Boeing-737 teria ocorrido logo após a decolagem, às 6h12 (horário local), do aeroporto internacional Imam Khomeini, em Teerã, conforme informou a Fars, agência estatal de notícias.

O voo PS752 da companhia Ukraine International Airlines seguia da capital iraniana com destino a Kiev, na Ucrânia. E, de acordo com a agência humanitária Crescente Vermelho, não há chance de encontrar sobreviventes.

Mais cedo, a embaixada da Ucrânia em Teerã informou que o acidente foi causado por uma falha no motor da aeronave, e que não havia relação com terrorismo. No entanto, a Ucrânia voltou atrás e retirou a possibilidade de problema mecânico como causa da queda.

A queda da aeronave aconteceu horas depois de duas bases iraquianas que abrigam tropas dos EUA serem atacadas pela Guarda Revolucionária do Irã. O ataque foi uma resposta após a morte de Qassim Suleimani depois de ofensiva americana.

Questionado em uma entrevista em Kiev se o avião poderia ter sido derrubado por um míssil, o primeiro-ministro ucraniano, Oleksiy Honcharuk, fez um alerta contra especulações até que os resultados de uma investigação sejam conhecidos. O premiê também disse que a Ucrânia proibiu voos sobre o espaço aéreo iraniano por seus aviões a partir de 9 de janeiro.

De acordo com o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky, a Ucrânia organizou aviões especiais para voar até o Irã e repatriar os corpos das vítimas, o que estava pendente apenas da aprovação do governo iraniano.

VEJA TAMBÉM: O dia em que os EUA explodiram um avião do Irã com 290 pessoas

Segundo informações divulgadas pelo ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Vadym Prystaiko, os 176 mortos eram dos seguintes países:

Irã: 82 passageiros
Canadá: 63 passageiros
Ucrânia: 2 passageiros e 9 membros da tripulação
Suécia: 10 passageiros
Afeganistão: 4 passageiros
Reino Unido: 3 passageiros
Alemanha: 3 passageiros

Vídeo do momento da queda:

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários