Redação Pragmatismo
Eduardo Campos 28/Nov/2019 às 19:48 COMENTÁRIOS
Eduardo Campos

Com salário de R$ 33 mil, esposa de Eduardo Bolsonaro diz que passa "perrengue"

Publicado em 28 Nov, 2019 às 19h48

Esposa de Eduardo Bolsonaro afirma que eles passam por "perrengues" mesmo com o salário de mais de R$ 33 mil do deputado federal, além de todos os benefícios que um parlamentar tem direito: "não ando de iate e jatinho à toa"

Eduardo e Heloísa Bolsonaro
Eduardo e Heloísa Bolsonaro

Heloísa Bolsonaro, esposa do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), usou a sua página no Instagram para dizer que a “glamourização da vida política precisa acabar” e que passa por “perrengues” com o salário de mais de R$ 33 mil do marido.

“A gente não fica andando de iate, de barco à toa, de jatinho, de primeira classe. A gente passa por muito perrengue também”, disse a nora de Jair Bolsonaro, garantindo que a vida que levam “não é luxuosa”.

“Quando a gente vai para os Estados Unidos, a gente economiza. No Havaí [onde passaram o Reveillon de 2017 para 2018], a gente vivia almoçando em um mercadinho lá, que é maravilhoso, e nosso almoço era US$ 2, US$ 3. E era assim, gente, ficava até mais magrinha, comida maravilhosa”, contou.

Heloísa ainda refletiu nos Stories que político rico ou “tem dinheiro de família” ou conseguiu essa vida “de forma ilícita”. Ela admitiu também que, às vezes, faxina a própria casa para economizar dinheiro.

“Tem gente que acha que entrar na política é sinônimo de enriquecer e não é verdade. Só estou falando isso porque sim, às vezes, eu faxino minha casa porque não quero gastar”, disse.

Heloísa afirmou também que não está reclamando da vida que leva, apenas quis deixar claro para seus seguidores que a vida na política não é apenas mordomia.

“O salário do Eduardo é muito bom, eu estou me reerguendo profissionalmente porque quero voltar a trabalhar, mas não nos falta nada. A gente consegue fazer viagens nas férias, jantar bem com nossos amigos. Mas não achem que vida de política é luxuosa.”

“A gente batalha mesmo e deve fazer sacrífico, porque acho que a gente ainda não chegamos [sic] na vida que nossos pais chegaram, de uma vida super tranquila e confortável, que um dia, se Deus quiser, vai ser. Mas nossa vida é maravilhosa, não estou reclamando, só quero que vocês entendem que não é luxuosa”, completou.

Salário e benefícios

Atualmente, apenas o salário de um deputado federal é de R$ 33.763, mas os rendimentos chegam a valores muito maiores quando somados todos os benefícios. Além do salário, cada parlamentar ainda recebe mensalmente:

Auxílio moradia: R$ 4.253

Verba mensal para Exercício da Atividade Parlamentar: até R$ 45.612,53

Verba destinada à contratação de pessoal: R$ 106.866,59

Despesas com saúde: os deputados têm atendimento no Departamento Médico da Câmara (Demed) e podem pedir reembolso para despesas médico-hospitalares realizadas fora do Demed. Deputados em exercício do mandato e seus familiares que podem ser incluídos como dependentes no Imposto de Renda têm direito de utilizar o departamento.

Ajuda de custo: no início e no fim do mandato, o parlamentar recebe ajuda de custo equivalente ao valor mensal da remuneração. A ajuda é destinada a compensar as despesas com mudança e transporte e não será paga ao suplente que for reconvocado dentro do mesmo mandato.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários