Redação Pragmatismo
Direita 02/Sep/2019 às 23:56 COMENTÁRIOS

A covardia de Augusto Nunes com os filhos de Glenn Greenwald

Jornalistas de diferentes veículos de comunicação repudiam publicamente o comentário de Augusto Nunes a respeito dos filhos de Glenn Greenwald

Augusto Nunes
Augusto Nunes (reprodução/JP)

Repercutiu mal o comentário do jornalista Augusto Nunes a respeito dos filhos de Glenn Greenwald e David Miranda. Até mesmo pessoas que não são simpáticas ao casal consideraram ofensivo o ataque desferido pelo comentarista da rádio Jovem Pan.

Durante o programa “Os pingos nos Is”, Augusto Nunes questiona como Miranda e Greenwald, que são pais de dois filhos, criam as crianças se estão envolvidos com suas profissões. De forma pejorativa, Nunes insinua que o casal é negligente com a criação das crianças.

“E é o seguinte. Eu tava pensando nesse casal. O Glenn Greenwald passa o dia tendo chiliques no Twitter, ou trabalhando como receptador de mensagens roubadas. Esse David fica em Brasília lidando com rachadinhas, que essa é a suspeita, que isso dá trabalho. Quem é que cuida das crianças que eles adotaram?! Isso aí um juizado de menores deveria investigar”, disse Nunes ao apresentador Felipe Moura Brasil.

A jornalista Nil Moretto condenou a declaração de Nunes: “Meus pais trabalharam fora de casa a vida inteira. Na maior parte das famílias que conheço os pais trabalham. O raciocínio desse senhorzinho no microfone é bem limitado… imagina o de quem ele influencia?”.

Glenn Greenwald também recorreu às redes sociais para repudiar o comentário de Augusto Nunes. Segundo o editor do The Intercept, o que foi feito por Nunes é inaceitável em uma democracia.

“Fiz jornalismo em dezenas de países no mundo democrático. Um limite absoluto, até em combate político, é não usar os filhos menores como alvo. A única exceção que conheço é o movimento Bolsonoro e esse lixo do JP e Veja: se 2 pais trabalham, o Estado deve investigar seus filhos?”, publicou em seu Twitter.

Augusto Nunes, que é colunista da revista Veja, substituiu Marco Antonio Villa na rádio Jovem Pan. Villa foi afastado da emissora após sucessivas críticas ao presidente Jair Bolsonaro. Nunes, por sua vez, é oportunamente Bolsonarista.

Monica Bergamo, da Folha, Miriam Leitão (Globo) e Fábio Pannuzio (Band) foram alguns dos jornalistas que se manifestaram sobre o comentário de Augusto Nunes. Confira:

“Não merece mais meu respeito”

O jornalista Gilberto Dimenstein publicou um artigo nesta segunda-feira (2) repudiando a declaração de Augusto Nunes. “Todas as vezes que encontrei Augusto Nunes foram momentos agradáveis e respeitosos. Nunca brigamos, apesar das discordâncias de opiniões. Mas lamento dizer que ele não merece mais meu respeito – e suponho que de nenhum jornalista sério. Ele se meteu onde não deveria se meter.”

“Pergunto: existe algum sinal de que os filhos do casal estejam sendo vítimas de descaso? Apenas um? Ou seja, todos os casais que trabalham fora também deveriam ser investigados pelo juizado? E os pais que simplesmente somem? É muito sujo se levantar, desse jeito e em público, uma suspeita de irresponsabilidade de paternidade”, acrescenta Dimenstein.

Dimenstein considera que Nunes foi muito baixo ao citar os filhos do casal e destacou que o comentarista não pode falar muito da vida alheia. “Foge até das normas dos mafiosos de preservar os filhos dos inimigos. Ele pode criticar quanto quiser Glenn e Davi Miranda. Mas deveria deixar os filhos de fora. Até porque, como sabemos, Augusto tem telhando de vidro em sua vida pessoal”.

Augusto Nunes Bolsonaro
Augusto Nunes e Bolsonaro (reprodução)

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários