Redação Pragmatismo
Jair Bolsonaro 23/Jul/2019 às 14:37 COMENTÁRIOS
Jair Bolsonaro

Alcione é vítima de ataques após criticar Bolsonaro, mas ganha seguidores nas redes

Publicado em 23 Jul, 2019 às 14h37

Vídeo em que Alcione critica Jair Bolsonaro foi o mais visualizado da internet brasileira no último fim de semana. Cantora passou a ser alvo de ataques, mas balanço é positivo

alcione bolsonaro

Um vídeo divulgado pela cantora Alcione foi o mais visualizado da internet brasileira no último fim de semana. A artista defendeu o povo nordestino e o estado do Maranhão, atacados pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) em uma declaração preconceituosa.

“Dentre os (ou aqueles) governadores de ‘paraíba’, o pior é o do Maranhão. Não tem que ter nada com esse cara”, disse Bolsonaro ao ministro Onyx Lorenzoni, sem saber que estava sendo gravado. “Paraíba” é um termo pejorativo usado contra nordestinos em algumas regiões do Sudeste.

Alcione disse que Bolsonaro tem de temer o pensamento do povo e exigiu respeito.

“Presidente Bolsonaro, eu não votei no senhor e não me arrependo. Eu sou uma brasileira que não torço contra o governo, não sou burra. Eu sei que se torcer contra, estou torcendo contra o meu país. Agora meu pai sempre me dizia, que meu avó já dizia para ele: “QUEM QUER RESPEITO, SE DÁ”. E o senhor não está se dando respeito. O senhor precisa respeitar o povo nordestino. RESPEITE O MARANHÃO. O senhor tem medo de facada, tem medo de tiro, mas o senhor precisa ter medo do pensamento. O pensamento é uma força. Pense em mais de 30 milhões de nordestinos pensando contra o senhor? Comece a nos respeitar. RESPEITE O POVO BRASILEIRO”

Ataques e gafes

Nas redes sociais, Alcione passou a ser atacada pelos chamados ‘Bolsominions’ — apoiadores que não discordam de nada do que é dito ou feito pelo atual presidente, independentemente do nível de barbaridade da ação.

Muitos fãs de Bolsonaro espalharam a informação de que Alcione estava vestindo uma bandeira de Cuba nas imagens. O termo “Bandeira de Cuba” foi parar nos TT’s do Twitter na manhã desta segunda-feira (22).

Na verdade, o vestido da cantora tem a estampa da bandeira do estado do Maranhão.

Um levantamento feito por Ancelmo Gois, colunista do jornal O Globo, revela que as redes sociais de Alcione obtiveram um significativo ganho de seguidores após a polêmica. Em apenas um dia, foram 40 mil no Instagram, 13 mil no Facebook e 4,5 mil no Twitter.

Governadores rebatem Bolsonaro

O governador do Maranhão, Flavio Dino (PCdoB), rebateu as declarações do presidente. Segundo ele, “ser o pior governador na visão de Bolsonaro é uma honraria”. Os governadores do Nordeste divulgaram uma carta em repúdio às declarações:

“Nós governadores do Nordeste, em respeito à Constituição e à democracia, sempre buscamos manter produtiva relação institucional com o Governo Federal. Independentemente de normais diferenças políticas, o princípio federativo exige que os governos mantenham diálogo e convergências, a fim de que metas administrativas sejam concretizadas visando sempre melhorar a vida da população.

Recebemos com espanto e profunda indignação a declaração do presidente da República transmitindo orientações de retaliação a governos estaduais, durante encontro com a imprensa internacional. Aguardamos esclarecimentos por parte da presidência da República e reiteramos nossa defesa da Federação e da democracia.”

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários