Redação Pragmatismo
Mulheres violadas 01/Jun/2019 às 13:43 COMENTÁRIOS

Jovem é torturada em SP e agressões são divulgadas nas redes sociais

Jovem de 16 anos é humilhada e vítima de tortura em SP e tem agressões divulgadas em vídeo nas redes sociais. Vítima teria se envolvido com marido da agressora

jovem torturada guarujá
Adolescente é vítima de tortura em SP e tem agressões divulgadas em vídeo na web

Uma adolescente de 16 anos foi torturada no Guarujá (SP) e as agressões foram divulgadas em vídeo publicado nas redes sociais. A confusão teria começado após um suposto envolvimento da vítima com o companheiro da agressora.

A autora do crime divulgou na internet as imagens que mostram a vítima nua, chorando em um sofá, tendo o cabelo cortado e com as sobrancelhas raspadas. A adolescente implora, a todo instante, para que a agressora pare.

A vítima também aparece com ferimentos na testa, provocados após as sobrancelhas serem arrancadas com uma gilete. Em outra reprodução das imagens, ela veste apenas calcinha de frente para a parede.

Ainda nos registros, a mulher supostamente traída faz ameaças e humilha a vítima. “Uma dica, hidrate seu cabelo hoje porque amanhã você pode não ter. Vacilou, ficou careca kkkkk (sic)”, escreveu.

As imagens repercutiram nas redes. “Se a mulher foi traída, por que não desconta no marido que a traiu? O camarada que é pilantra. Mas talvez seja mais fácil descontar na parte mais vulnerável, não é?”, questionou uma internauta.

“E com o macho vacilão não acontece nada? Esse tipo de mulher que se presta a isso é do tipo que culpa só um lado e ainda fica com o macho vacilão como troféu. Não estou dizendo que a adolescente é santa, mas quem deve respeito à valentona é o macho vacilão dela”, observou outro internauta.

“Eu queria saber se a agressora largou o marido ou vai fazer carreira mutilando mulheres. Quem deve fidelidade é quem assumiu o compromisso”, criticou mais uma usuária.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que o caso foi registrado na tarde de quinta-feira (30), na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Guarujá. A Polícia Civil abriu um inquérito para apurar o episódio.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários

  1. Rosa de Luxemburgo Postado em 06/Jul/2019 às 00:43

    Horror

  2. Gilberto Costa Postado em 06/Jul/2019 às 00:43

    o marido saiu ileso?É# o cúmulo da burrice... nesta hora deve estar chupando o cara

  3. Carol Craft Postado em 06/Jul/2019 às 00:43

    Cadê as feminazis para protestarem pela garota que foi humilhada??

  4. Jéssica Amaral Postado em 06/Jul/2019 às 00:43

    nossa que horror