Redação Pragmatismo
Mulheres violadas 03/Jun/2019 às 13:39 COMENTÁRIOS

Grávida espancada por MC Reaça vai passar por cirurgia

MC Reaça espancou mulher com quem mantinha relacionamento extraconjugal após ela revelar gravidez. A jovem permanece internada e deverá ser submetida a cirurgia. Nas redes sociais, presidente Jair Bolsonaro e filhos elogiaram agressor

MC Reaça grávida bolsonaro
MC Reaça (reprodução)

A mulher espancada por Tales Volpi, conhecido como MC Reaça, está internada no Hospital Augusto de Oliveira Camargo (HAOC), em Indaiatuba, no interior de São Paulo, e deverá ser submetida a uma cirurgia. A vítima tem 28 anos e trabalha como agente de viagens.

Casado com outra mulher, MC Reaça mantinha um relacionamento extraconjugal com a moça. Ao saber que ela estava grávida, o funkeiro a espancou violentamente e depois cometeu suicídio. A família não autorizou a divulgação do nome da vítima.

SAIBA MAIS: Bolsonaro e filhos são criticados por homenagearem MC Reaça

O corpo de Tales Volpi foi encontrado na Rodovia Dom Pedro, na altura do km 116. A mulher já deixou a UTI e seu estado de saúde é estável. A cirurgia só deverá ocorrer quando o inchaço dos hematomas diminuir.

Depois de espancar a agente de viagens, Tales enviou uma mensagem de áudio para a esposa dizendo que, caso a amante sobrevivesse às agressões, que ela cuidasse da amante e do bebê.

O boletim de ocorrência da agressão foi registrado em Indaiatuba pelo pai da vítima. No documento, o pai diz que a filha sofreu hematomas na face e no olho direito, além de fraturas no maxilar.

Bolsonaro e MC Reaça

Na manhã de domingo (2), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) provocou indignação ao lamentar a morte do MC Reaça.

“Mc Reaça nos deixou no dia de ontem. Tinha o sonho de mudar o país e apostou em meu nome por meio de seu grande talento. Será lembrado pelo dom, pela humildade e por seu amor pelo Brasil. Que Deus o conforte juntamente com seus familiares e amigos”, escreveu o presidente no Twitter.

A reação nas redes sociais foi imediata. “Deixa eu ver se entendi: o cara mandou uma mulher grávida para a UTI de tanto a agredir e se suicidou para não assumir um relacionamento extraconjugal e um filho oriundo disso, daí é homenageado pelo Presidente da República e seus filhos? Tempos estranhos”, criticou um internauta.

“Independentemente do caráter do morto, o que chama atenção é que o presidente lamenta a morte desse “cantor”, mas não disse uma única palavra quando Beth Carvalho deixou o samba órfão”, lembrou outro.

“Ele tinha o sonho de mudar o país? Bom, a verdade é que ele não aguentou o tranco de ver a vida dupla tornar-se pública, ainda mais agindo como um conservador ensandecido. Essa é a família tradicional, cheia de amantes, segredos, adultério e mentiras”, observou mais um usuário.

Nascido em Porto Alegre, MC Reaça se definia como cristão, compositor e instrutor de boxe em suas redes sociais. Na semana passada ele participou da manifestação em apoio ao governo Bolsonaro na Avenida Paulista, em São Paulo.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Comentários