Redação Pragmatismo
Jair Bolsonaro 27/Jun/2019 às 15:15 COMENTÁRIOS

Governo Bolsonaro bate recorde de rejeição, mostra nova pesquisa Ibope

Ibope acaba de divulgar nova pesquisa sobre a avaliação do governo de Jair Bolsonaro. Números são os piores desde a posse e preocupam o Planalto

jair bolsonaro japão pesquisa Ibope
Jair Bolsonaro chega ao Japão (Foto: Charly Triballeu / AFP / CP)

O Ibope divulgou na tarde desta quinta-feira (27) a sua mais nova pesquisa sobre a avaliação do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

O levantamento foi encomendado pela CNI (Confederação Nacional da Indústria).

Os números mostram que a aprovação do governo está em queda e atingiu o menor índice desde a posse de Bolsonaro, em janeiro.

A pesquisa foi realizada entre os dias 20 e 26 de junho em todo o Brasil. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

COMO VOCÊ AVALIA O GOVERNO BOLSONARO:

♦ Ótimo/bom: 32%
♦ Regular: 32%
♦ Ruim/péssimo: 32%
♦ Não sabe/não respondeu: 3%

Em relação ao último levantamento CNI/Ibope, divulgado em abril, o índice de ótimo/bom oscilou negativamente três pontos percentuais, dentro da margem de erro: de 35% para 32%. Já o registro de ruim/péssimo subiu cinco pontos: 27% para 32%.

Na comparação entre todos os levantamentos mensais – com exceção de maio, em que não houve pesquisa -, a aprovação do governo em junho é a pior do ano.

Avaliação do governo Bolsonaro como ótimo ou bom:

♦ jan/2019: 49%
♦ fev/2019: 39%
♦ mar/2019: 34%
♦ abr/2019: 35%
♦ jun/2019: 32%

51% não confiam em Bolsonaro

O percentual dos que confiam em Jair Bolsonaro passou de 51% para 46%, enquanto os que não confiam pularam de 45% para 51%. O cruzamento de dados aponta que a queda na popularidade do presidente é maior entre as mulheres.

Na análise por região, o desempenho foi pior entre os residentes nas regiões Norte/Centro-Oeste e Nordeste. No momento da divulgação da pesquisa, o presidente está no Japão para participar da cúpula dos líderes do G20.

Interlocutores do Planalto que permaneceram no Brasil receberam os números com preocupação. Eles alegam que o aumento da rejeição ao governo deve-se, entre outras coisas, a uma campanha difamatória coordenada pela imprensa.

Apoiadores do presidente admitem, porém, que há uma agenda política negativa em destaque há vários meses e que isso não favorece a imagem de Jair Bolsonaro e do seu governo.

Os vazamentos da Lava Jato, as denúncias contra Flávio Bolsonaro, o desaparecimento de Queiroz, as dúvidas sobre a Previdência, o fracassado decreto de armas, a prisão do militar com cocaína em avião da FAB e a prisão dos assessores do ministro do Turismo são temas delicados ao governo.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários

  1. Mone Postado em 05/Jul/2019 às 16:20

    Na proximo mês/julho, Governo Bolsonaro bate recorde de rejeição, mostra nova pesquisa Ibope, 52%

  2. C.Poivre Postado em 05/Jul/2019 às 16:20

    Ainda está muito alto o apoio ao miliciano-chefe. Isso precisa mudar mais rápido.

  3. Rodrigo Postado em 05/Jul/2019 às 16:20

    Nossa, mas a questão da cocaína é recente, eles procurando desculpas e mais desculpas.