Redação Pragmatismo
Direita 27/Jun/2019 às 15:00 COMENTÁRIOS

Advogada que xingou David Miranda é ligada a clube de tiro usado pelos Bolsonaros

Advogada e jornalista não economiza na baixaria. Obcecada por armas, pela família Bolsonaro e por Olavo de Carvalho, ela se diz cristã e “mulher de macho de verdade”. Ainda na faixa dos 20 anos, foi indicada para um dos cargos mais altos no setor de comunicação da Celesc

Kiko Nogueira, DCM

A advogada e jornalista catarinense Júlia Zanatta obteve visibilidade nacional recentemente via Twitter ao xingar o deputado federal David Miranda (PSL/RJ), marido de Glenn Greenwald.

“Vai bichona, usa mais o fato de dar o cu para se vitimizar. Porra, seja um gay macho, caralho!”, escreveu (imagem acima).

O apoio incondicional pró-Bolsonaro nas redes sociais é apenas uma faceta uma das mais radicais ativistas da extrema-direita no Sul.

Júlia se separou de Tony Eduardo, o proprietário da escola de tiro .38, em São José, na Grande Florianópolis.

O lugar ganhou destaque por ser frequentada pelos irmãos Eduardo e Carlos Bolsonaro. Quando em SC, hospedavam-se no apartamento do casal.

A escola de tiro também recebeu Adélio Bispo, autor do atentado à faca nas eleições de 2018.

À época, ela chegou a se apresentar como porta-voz da empresa à imprensa que cobria o caso.

Olavete juramentada, Júlia não economiza na baixaria.

Obcecada por armas, se diz cristã e “mulher de macho de verdade” no perfil indigente que mantém no Facebook, o Dona de Casa Opressora.

Sua proximidade com Carlos Bolsonaro é notória, mas não só com o Carluxo.

Júlia Zanatta (de verde) dando tiros com Eduardo Bolsonaro

“Eu conheci o Eduardo e o Carlos em 2016 e nós temos uma relação estreita e pessoal com a Heloísa, que agora é esposa do Eduardo. Foram poucos convidados [no casamento], não havia políticos e nem famosos, só a família e amigos”, gabou-se em entrevista a uma rádio local.

Ainda na faixa dos 20 anos, foi indicada para um dos cargos mais altos no setor de comunicação da Celesc (estatal de energia elétrica do estado).

Na época, namorava o então secretário de Estado da Administração, Derly Massaud de Anunciação, outro ferrenho bolsonarista.

Envolveu-se depois com um delegado da Polícia Federal e também com o filho do deputado Rogério Peninha, ícone da bancada da bala no Congresso.

Patricinha que não economiza para desfilar roupas de grife, marcas caras e publicar fotos jecas de viagens na Europa, adora falar em povo.

Recentemente, anunciou-se como pré-candidata a vereadora de Criciúma para as eleições de 2020.

Julia Zanatta

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários

  1. C.Poivre Postado em 05/Jul/2019 às 16:20

    Puxa, que baixaria! Pelo linguajar chulo só pode ser miliciana e deve saber onde está o Queiroz e quem mandou matar Marielle.

  2. Sérgio Rodrigues Postado em 05/Jul/2019 às 16:20

    Como Adélio foi parar lá?... Tem treta naquele suposto tiro no néscio!...

  3. Dark Side Postado em 06/Jul/2019 às 19:07

    isso deve ser uma doida numa suruba... pqp

  4. Luismar Arantes Postado em 05/Jul/2019 às 16:20

    Mais uma idiota bolsonarista!

  5. Gi Scagriza Postado em 05/Jul/2019 às 16:20

    vou rir mto no cortejo dessa quadrupide...serva de macho