Redação Pragmatismo
Educação 04/May/2019 às 08:00 COMENTÁRIOS

Valor de prova custará mil vezes a mais que o anunciado pelo ministro da Educação

Ministro da Educação erra valor e prova custará mil vezes a mais do que o anunciado. Por um erro de cálculo, Abraham Weintraub festejou o suposto gasto de apenas R$ 500 mil; custo verdadeiro da avaliação será de R$ 500 milhões

Valor de prova saeb inep mil vezes anunciado ministro da Educação
Abraham Bragança de Vasconcellos Weintraub, ministro da Educação (Imagem: Carolina Antunes | PR)

Por um erro do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, divulgou um custo total bem menor para a avaliação do nível de alfabetização.

Durante anúncio oficial nesta quinta-feira (2), em Brasília, Weintraub festejou inicialmente um gasto contratado de apenas R$ 500 mil para a avaliação, que deve atingir cerca de 7 milhões de estudantes.

Na coletiva, chegou a ressaltar o valor várias vezes, dizendo que “cada real do contribuinte” era importante.

Vamos avaliar não só o desempenho das crianças como o sistema de ensino como um todo. Nós vamos fazer um exame para 7 milhões de crianças a um custo de R$ 500 mil. É importante falar. A postura nossa é sempre de dizer ao pagador de imposto e à sociedade onde está sendo alocado o imposto. Então, uma avaliação que vai ser feita a 7 milhões de crianças a um custo total de R$ 500 mil, para saber se as coisas estão andando bem”, afirmou o ministro.

Minutos depois, em nota, o Inep informou que o valor estimado para a realização do exame era na verdade de cerca de R$ 500 milhões.

O presidente do Inep (Elmer Vicenzi) informa que o valor estimado para a aplicação do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2019 é de aproximadamente R$ 500 milhões. O valor de R$ 500 mil foi incorretamente apresentado ao ministro na coletiva de imprensa realizada nesta data, em função de uma inconsistência material na planilha de custos elaborada pelo Inep.

O Saeb deve ser aplicado entre 21 de outubro e 1 de novembro.

Comparação

O custo da edição de 2017 do Saeb ficou em cerca de R$ 250 milhões – os valores não são comparáveis, porém, por causa das alterações no exame e pelo fato de a análise à época não incluir a prova de alfabetização – que havia ocorrido no ano anterior.

Leia também:
Ranking mostra melhora em universidades punidas pelo ministro da Educação
MEC recua da decisão de punir universidades por “bagunça” ou “evento ridículo”
Ministro da Educação comete ato de improbidade administrativa
Você sabe qual é o salário de um professor na Alemanha?
Aluno de escola militar custa 3 vezes mais que o de escola pública
Apenas a escola para contestar Público, Privado e a Escola?

Agência Estado

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários