Redação Pragmatismo
Mulheres violadas 03/Mai/2019 às 08:45 COMENTÁRIOS
Mulheres violadas

Luana Rutzen, mais uma vítima de feminicídio no Brasil

Publicado em 03 Mai, 2019 às 08h45

Luana Rutzen, de 22 anos, foi assassinada pelo marido Marcelo Carvalho, com quem estava casada há dois meses. O homem também tentou matar a mãe de Luana, que está internada em estado grave. Irmão da vítima diz que eles se conheceram no Facebook. A jovem deixa uma filha de três anos

Luana Rutzen (reprodução/facebook)

Luana Rutzen, de 22 anos, é mais uma vítima de feminicídio no Brasil. A jovem foi assassinada pelo marido com três tiros em Joinville (SC) na última segunda-feira (29). Marcelo Carvalho, autor dos disparos, está preso.

Luana estava na casa da mãe quando foi morta. A mulher de 45 anos também recebeu disparos de arma de fogo na região cervical e permanece internada em estado grave, com risco de ficar paralítica.

Luana e Marcelo discutiram na varanda da casa da mãe dela, quando as duas foram baleadas. A jovem morreu no local e a mãe foi encaminhada para atendimento médico. A vítima havia brigado com o companheiro na noite de domingo e por isso estava na casa da mãe, conforme a PM.

“Tudo indica tratar-se de feminicídio consumado e uma tentativa de homicídio. Agora a gente aguarda exames cadavéricos, periciais para a gente fechar a história de forma plena”, explica o delegado Alves Joana.

A polícia ainda deve indiciar o homem por dano ao patrimônio público. Isso porque ele estava em liberdade provisória e arrancou uma tornozeleira eletrônica.

O objeto foi encontrado no mar, no limite entre Joinville e Garuva. Conforme a Polícia Civil, Marcelo tem condenação por assassinato, porte ilegal de arma de fogo e ameaça.

O casamento

Josnei Rutzen, irmão de Luana, afirma que o casal estava casado há dois meses. Segundo ele, ambos se conheceram através das redes sociais.

“Ela conheceu o Marcelo no Facebook. Ele adicionou ela e começou a puxar conversa. Ela foi respondendo, mas como ele falava pouco sobre a vida dele e não marcava nenhum encontro, ela perdeu o interesse. Foi aí que ele mostrou quem era. A vida dela virou um pesadelo”, conta.

De acordo com informações da Polícia Civil, Marcelo estava preso entre 2015 e 2018. Foi nesse período, através do presídio, que o homem iniciou o contato com Luana. Quando ela soube que o homem era presidiário, desesperou-se. Mas era tarde demais. Ele a forçou a visitá-lo na cadeia, sob pena de matar toda sua família.

“Quando ela descobriu que ele estava na cadeia ficou apavorada. Daí começaram as ameaças. A Luana tinha uma filha de três anos de outro relacionamento. Mandou invadirem a casa da minha irmã do meio, que tem 25 anos. Meu cunhado fez BO (boletim de ocorrência). Mas a Luana tinha medo, nunca prestou queixa”, afirma Josnei.

Com tristeza, Josnei lembra que o casamento de Luana foi realizado à força e sob muita ameaça. “A minha irmã era uma menina linda, amorosa, carinhosa com toda família.”

Marcelo Carvalho está preso

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários

  1. Carlos Augusto Normann Postado em 05/Jul/2019 às 16:36

    que esse cretino apodreça atrás das grades...verme!!

  2. chichano goncalvez Postado em 05/Jul/2019 às 16:36

    Porra ! Tem que castrar esse cara. Assim ele vira florzinha no presidido.