Redação Pragmatismo
Mulheres violadas 03/May/2019 às 18:01 COMENTÁRIOS

Feminicídio: bombeiro mata professora a tiros em frente a escola

Professora é vítima de feminicídio em Aracaju. Assassino é o ex-marido dela, um subtenente do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe. Homem se matou em seguida. Casal estava em processo de separação e deixa filho de 8 anos

feminicídio bombeiro mata professora aracaju
Jefferson Mendonça (imagem: divulgação/corpo de bombeiros)

Uma professora foi morta pelo seu ex-marido na cidade de Aracaju (SE) na manhã desta quinta-feira (2). O assassino é José Jefferson Mendonça de Santana, de 47 anos, subtenente do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe.

Andréa Monte Santo Belizário, de 37 anos, morreu na porta da escola onde trabalhava. Ela chegava para trabalhar na instituição de ensino quando foi atingida por um tiro nas costas. Alunos também chegavam na escola, mas ninguém foi atingido pelos disparos.

Após o crime, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP), o homem cometeu suicídio com um tiro na cabeça. Andréa ainda foi socorrida pelo SAMU, mas morreu a caminho do hospital.

De acordo com a SSP, o bombeiro estava num posto de saúde próximo à escola esperando a ex-mulher chegar ao trabalho. Ao vê-la, o homem iniciou uma briga e tentou pegar a bolsa dela. No meio da discussão, ele atirou em Andréa pelas costas e depois se matou.

“Com a presença da mulher, ele chamou-a e prontamente iniciaram uma conversa, seguida de discussão. Neste momento, o bombeiro tentou tomar a bolsa da educadora, mas não teve êxito. Em meio ao desentendimento, o homem disparou nas costas da vítima e depois efetuou um tiro no próprio corpo, vindo a óbito imediatamente”, diz nota divulgada pela SSP.

O Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe informou que José Santana integrava a corporação há 25 anos. Segundo a Secretaria Municipal de Educação, Andréa lecionava há quatro meses na Escola Municipal de Ensino Fundamental José Souza de Jesus.

A Polícia informou que o casal estava em processo de separação, mas o homem não aceitava o fim do relacionamento. Andréa e José deixam um filho de 8 anos.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários

  1. chichano goncalvez Postado em 05/Jul/2019 às 16:36

    Esta aumentando os assassinatos, culpa de quem ? Do chefe de quadrilha que só fala em matar, e vender arma, imaginem com o aumento de armas nas ruas, vamos virar um estados unidos II.

  2. Maria Borges Postado em 05/Jul/2019 às 16:36

    Penso que quando a mulher percebe que está casada com o homem errado, um desequilibrado, ela quer se separar, mas aí já é tarde demais. Sinto muito por essas mulheres. E me revolto com esses homens imaturos e desequilibrados.

  3. Renata Alessio Postado em 05/Jul/2019 às 16:36

    coitado desse filho de 8 anos. Que aperto no coração.