Redação Pragmatismo
Mulheres violadas 02/Mai/2019 às 14:30 COMENTÁRIOS
Mulheres violadas

Espancada pelo marido, mulher é internada com sangramento no ouvido

Publicado em 02 Mai, 2019 às 14h30

Mulher dá entrada em hospital após ser espancada pelo marido com vários chutes na região do tórax, seios e ouvido, que lhe causaram vários hematomas e sangramento

Espancada pelo marido mulher é internada com sangramento no ouvido
PMs direcionaram a mulher pro Pronto-Socorro de Várzea Grande (Imagem: MatoGrossoMais)

Uma mulher de 39 anos precisou ser internada na noite dessa quarta-feira (1º) após ser espancada pelo marido, de 30 anos, com vários chutes na região do tórax, seios e ouvido. As agressões lhe causaram vários hematomas e sangramento.

O caso aconteceu na cidade de Várzea Grande (MT), por volta das 19h40. A Polícia Militar foi acionada com a informação de que estava acontecendo uma briga de casal com uso de faca e, ao chegar no local, encontrou primeiro o agressor.

Questionado, o homem, que estava em frente da casa onde mora com a esposa, alegou que havia se desentendido com a companheira e ela teria tentado atacá-lo com uma faca.

Como o marido disse que a esposa estava dentro da casa, a equipe policial entrou na residência para ouvi-la e a encontrou trancada dentro de um banheiro.

Conforme o boletim de ocorrência, assim que a equipe se identificou como sendo a Polícia Militar, a mulher abriu a porta e relatou ter sido agredida pelo marido com chutes que a deixaram com vários ferimentos, inclusive com o ouvido sangrando.

Devido à gravidade da situação da mulher, os policiais a encaminharam ao Pronto-Socorro de Várzea Grande, onde o médico achou melhor interná-la.

O suspeito foi preso e encaminhado à Central de Flagrantes de Várzea Grande, onde o caso foi registrado como lesão corporal.

Já na delegacia, o homem alegou que a esposa o teria arranhado com uma faca em sua axila esquerda, mas não havia nenhuma lesão visível que confirmasse a versão dele.

Leia também:
Mulheres brasileiras retornam à miséria após cortes em programas sociais
América Latina é a região mais perigosa do mundo para mulheres
Violência contra a mulher aumenta no Brasil e processos de feminicídio emperram
O machismo de cada dia

informações de Karina Cabral, O Livre

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários