Redação Pragmatismo
Mulheres violadas 16/Apr/2019 às 20:58 COMENTÁRIOS

Servidor da Câmara dos Deputados agride mulher em orgia

Servidor da Câmara dos Deputados tenta matar jovem de 23 anos durante orgia em Brasília. Domingos Sávio Lacerda Martins dava expediente na Liderança do PT na Câmara. Ele foi exonerado pelo deputado Paulo Pimenta (PT)

liderança pt na câmara orgia motel
Vítima de 23 anos foi perfurada na bochecha. Agressor foi exonerado de suas funções na Câmara dos Deputados

Um servidor da Câmara dos Deputados de 43 anos foi exonerado na tarde desta terça-feira (16). Domingos Sávio Lacerda Martins tentou matar uma jovem de 23 anos em um motel em Brasília no último sábado (13).

Domingos, que foi preso em flagrante, exercia cargo em comissão na Liderança do PT na Câmara. Sua exoneração foi assinada pelo deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS).

A bancada feminina do PT soube do episódio e exigiu que Domingos fosse exonerado. “Estivemos reunidas e toda a bancada conversou com o nosso líder. Paulo Pimenta demitiu o servidor porque se trata de uma situação inaceitável”, disse a deputada federal Erika Kokay (PT-DF).

“Além disso, já há determinação para que o caso seja levado ao diretório da legenda e, caso ele ainda esteja filiado, terá o nome encaminhado ao Conselho de Ética”, acrescentou a parlamentar.

Entenda o caso

Com uma faca quebrada, Domingos Sávio perfurou o rosto de uma jovem de 23 anos. A mulher relatou aos policiais que receberia R$ 300 pelo programa e havia chegado ao endereço com outras cinco pessoas, por volta das 2h. Eles alugaram um quarto no estabelecimento e, nas primeiras horas do dia, três indivíduos haviam deixado o grupo.

Às 10h, a vítima e a namorada, de 20 anos, se preparavam para ir embora quando, segundo relatos das mulheres, Domingos Sávio quis manter relações com a jovem, que se recusou.

Diante da negativa, o homem teria impedido que as duas deixassem o quarto e, logo depois, atacou a mulher com uma garrafada no rosto. Domingos Sávio quebrou a garrafa de cerveja e cravou no rosto dela, atingindo-a na bochecha.

Após a agressão, as duas saíram correndo do quarto em busca de socorro. A polícia chegou no local e entrou na suíte. Domingos Sávio foi preso em flagrante e encaminhado à 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), responsável por investigar o caso. A ocorrência foi registrada como tentativa de homicídio.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Comentários