Redação Pragmatismo
Educação 30/Apr/2019 às 22:00 COMENTÁRIOS

Bolsonaro fala em remover Paulo Freire como patrono da educação do Brasil

Jair Bolsonaro não quer mais Paulo Freire como patrono da educação no Brasil: "vai ser mudado". Alteração, no entanto, depende de aprovação do Congresso. Lideranças e educadores reagem ao comentário do presidente

bolsonaro remover Paulo freire patrono educação brasil
Paulo Reglus Neves Freire (Imagem: Instituto Paulo Freire)

Ana Luíza Basílio, CartaCapital

A declaração do presidente Jair Bolsonaro de retirar o educador Paulo Freire como patrono da educação brasileira ganhou destaque nas redes sociais. O assunto Paulo Freire ficou entre os mais comentados do Twitter nesta terça-feira 30.

Na segunda-feira 29, em uma agenda em Ribeirão Preto, Bolsonaro concedeu entrevista à repórter-mirim Esther Castilho, que mantém o programa Esther e famosos no Youtube. Na conversa, precisamente no minuto 11’24, ele sugere a possibilidade de a criança ser a patrona da educação e emenda: “quem sabe nós temos uma patrona da educação e não mais um patrono, muito chato, não precisamos dizer quem é, mas vai ser mudado”.

O educador e filósofo pernambucano foi nomeado patrono da educação brasileira em 2012, pela Lei 12.612, sancionada pela ex-presidenta Dilma Rousseff. A homenagem foi proposta pela deputada federal Luiza Erundina que, quando prefeita de São Paulo (1989 – 1993), o nomeou como Secretário de Educação.

Veja algumas das reações à possível mudança:

1. Fernanda Melchionna, ativista social e deputada federal pelo PSOL-RS

.

2. Gerd Wenzel, comentarista da ESPN Brasil, colunista da Deutsche Welle

3. Carlos Minc, deputado estadual pelo PSB-RJ

4. Ivan Valente, deputado federal pelo PSOL-SP

5. Trajano, jornalista

6. Luiza Erundina, deputada federal pelo PSOL-SP

Leia também:
Paulo Freire é o grande vilão no Brasil de 2019
Paulo Freire inspirou uma das melhores escolas dos Estados Unidos
Propostas de Bolsonaro para a educação são espantosas

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários