Redação Pragmatismo
Mercado 18/Mar/2019 às 11:30 COMENTÁRIOS

Cuidado, a Bettina de R$ 1 milhão está enganando você

Propaganda da consultoria Empiricus vira piada nas redes sociais com mulher que promete você ficar milionário em pouco tempo. Verdadeira identidade de Bettina e interesses por trás da empresa foram descobertos

bettina empiricus identidade verdade
Bettina, da Empiricus (reprodução)

O “comercial da Bettina” infestou os vídeos da plataforma Youtube nas últimas semanas. Na peça publicitária, uma moça de cabelos loiros longos e blusa cor de vinho conta o sucesso obtido como investidora ao usar uma tática que “não é nenhum segredo”.

“Oi. Meu nome é Bettina, eu tenho 22 anos e 1 milhão e 42 mil reais de patrimônio acumulado”, diz a moça. O teor da propaganda é tão apelativo que a peça acabou virando meme nas redes sociais.

“Eu comprei ações na bolsa de valores”, continua a moça de forma enfática. Depois, complementa dizendo sua trajetória no mundo das finanças, que começou com R$ 1.520 e chegou ao patrimônio atual após apenas três anos.

(o texto continua depois das mensagens)

Bettina Rudolph é o nome verdadeiro da jovem que aparece no vídeo. Ela trabalha na equipe publicitária da consultoria de investimentos Empiricus Research. Segundo Felipe Miranda, CEO da consultoria, a história que ela relata no vídeo é real. Mas um levantamento revela que não é bem assim.

“Não fazia ideia de quem era essa Bettina de 1 milhão até aparecer na timeline. Mas vocês são muito incompetentes como ‘stalkers’ e eu tô presa no táxi numa São Paulo chuvosa então fiz o trabalho que já deveriam ter feito. A empresa que Bettina que tem com maior capital tem como sócios o pai, Joachim, a mãe, Diana e o irmão Thomas. Coisa de R$ 535 mil. A outra empresa dela tem capital social de R$ 100 mil”, revelou a escritora e roteirista Daniela Abade.

É possível?

“O ganho entre R$ 1,4 milhão e R$1,5 mil equivale a um retorno de 69.367% no período de três anos. Isso significa que ela teria ganhado em média 19,93% ao mês”, observa Michael Viriato, professor de finanças do Insper.

“Se ela investisse em títulos que remuneram a taxa DI de 6,4% ao ano, teria levado mais de 105 anos para obter o mesmo valor. Já no mercado de ações, o Ibovespa deu retorno de 123% nos últimos três anos. Pela Bolsa de Valores, portanto, ela teria demorado quase 25 anos para chegar à fortuna atual”, segue o professor.

“Mesmo que ela tivesse acertado exatamente os dias em que o Ibovespa subiu e não estivesse aplicada em ações nos dias que o índice caiu, ainda assim, sua rentabilidade no período teria sido dez vezes menor”, afirma Viriato.

O professor explica ainda que mesmo os investidores que conseguem ganhar dos índices no mercado de ações, como Warren Buffet, sequer chegaram próximos ao resultado prometido por Bettina.

“Warren Buffet é mundialmente reconhecido por sua fortuna construída a partir de investimento em empresas fechadas e no mercado de ações. Sua média de retorno ao longo dos anos foi de 20,5% ao ano. Investindo como o bilionário, Bettina teria levado mais de 35 anos para alcançar seu patrimônio atual. Logo, ela precisaria ter uma estratégia ainda melhor que a do mais famoso investidor do mundo”, calcula o professor.

“Em seu histórico de mais de meio século, o período de três anos mais favorável de Warren Buffet não lhe rendeu nem 300%. Portanto, não parece que, mesmo quando um gênio como Buffet está no comando, seja simples atingir o resultado”, conclui Viriato.

Empiricus

A Empiricus Research, onde Bettina trabalha, é uma empresa que lucra basicamente vendendo pacotes de relatórios e cursos com base em propaganda sensacionalista.

A assinatura anual mais barata no site da empresa para carteira de ações custa mais de R$150. O vídeo de Bettina foi assistido por milhões de pessoas. Por isso, basta que um pequeno percentual assine um pacote de relatórios e a empresa já terá lucro garantido.

Especialistas afirmam que as pessoas físicas e jurídicas que mais ganham neste mercado não são aquelas que operam na Bolsa, mas os que vendem planos para enriquecimento “rápido, fácil e seguro”.

O Pragmatismo Político tratou da Empiricus Research pela primeira vez em 2014, quando a empresa entrou na campanha presidencial daquele ano com o objetivo de influenciar o resultado eleitoral a favor do então candidato Aécio Neves (PSDB). Relembre:

O que está por trás da campanha da Empiricus contra Dilma Rousseff?

Alguns anos depois, em 2017, a Empiricus usou uma estratégia semelhante para alertar sobre os riscos para os investimentos com o “retorno de Lula à Presidência da República”. Na época, o ex-presidente ainda estava em liberdade e era considerado um dos nomes favoritos para a disputa de 2018. Veja:

Empiriucs Research faz terrorismo com a imagem de Lula

Samy Dana, comentarista de economia da Globo, também usou as redes sociais para comentar o “fenômeno Bettina”:

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Recomendações

Comentários

  1. Roni Martins Postado em 06/Jul/2019 às 00:37

    Na verdade a Empiricus vinha dando um golpe no mercado no mercado com o seu esquema de marketing, focando em quem quer enriquecer como pouco ou nenhum trabalho. Sabemos que muitos “profissionais” do mercado financeiro tiram proveito dessa fraqueza humana. Seja para oferecer produtos em função de comissão ou para vender serviços( no caso da Empiricus é relatórios). Está ricamente evidenciado que se trata de propaganda enganosa Empiricus, pois passa a ideia de garantia de retorno de investimentos, com base em resultados obtidos no passado, induzindo os potenciais clientes da Empiricus a interpretações equivocadas quanto aos resultados de seus investimentos.

  2. Edison Carleti Postado em 06/Jul/2019 às 00:37

    Essa daí está mais para "Crettina".

  3. Jonny Doe Postado em 05/Jul/2019 às 16:37

    Esse Felipe Miranda, presidente da EmpilheCus, é o Zidane da economia. Tiago Reis que o diga (se ainda não estiver hospitalizado).

  4. Roberto Pedroso Postado em 06/Jul/2019 às 00:37

    Tipica garotinha rica,privilegiada que nunca deve ter trabalhado na vida,bancada pela família usada como garota propaganda de uma empresa que diz prestar consultoria na área de investimentos........o mau-caratismo dessa gente não te limites,agora que estamos em uma época de incertezas,onde o sistema previdenciário está em vista de ser desmantelado por uma reforma açodada que penalizará sobremaneira os assalariados agora surgem estas empresas de ''consultoria financeira''esses ''Coaching'da área financeira vendendo falsas promessas no esteio da incerteza e insegurança que esta deforma previdenciária anuncia e claro obviamente se você não conseguir alcançar o ''sonho''proposto por essas pessoas trambiqueiras a culpa será sua!você ''é que não se esforçou'', o suficiente,você é que não foi suficientemente ''capaz''afinal é isso que preconiza o ideário composto por esta pseudologia fantástica estruturado no ideário falacioso meritocrático adotado pelos debiloides privilegiados.

  5. Bennan Moussi de Figueiredo Postado em 06/Jul/2019 às 00:37

    Aqui só tem burro e preguiçoso por Aqui... Bettina, senta a pua e deixa está turma do Samy babando ovo...

  6. Gustavo Rodrigues de Rezende Postado em 05/Jul/2019 às 16:37

    Prefiro muito mais a Suno Research. Assinei e não me arrependo.

  7. Eduardo Ribeiro Postado em 05/Jul/2019 às 16:37

    Eu desconhecia Betina (linda, por sinal) e desconheço os memes da Betina. Empiricus é bloqueada na minha conta tem anos já. Enchiam meu saco com email, com videozinho...os métodos desses safados são sujos demais: pegam teu email sem permissão, te bombardeiam com um monte de bosta que ninguem pediu, ""mimimi em busca da felicidade financeira mimimi a jornada do dinheiro"", tudo na base do RENTISMO e da PARASITAGEM. Trabalhar e produzir que é bom, nada. Representam os interesses nefastos de uma escória que tem nojinho de trabalho. O povo tem que se ligar mais, primeiro na ideologia que move esses caras, e segundo nas ferramentas que dão um mínimo de bloqueio contra vagabundos desse naipe. Pra não ficar dando cabimento pra neoliberalzinho de merda. Nada que venha dessa Empiricus é bom pra trabalhador. Rigorosamente NADA.