Redação Pragmatismo
Homofobia 11/Jan/2019 às 18:17 COMENTÁRIOS

Homem trans dá à luz e contraria prognósticos dos médicos

Homem transgênero dá à luz, contraria prognósticos dos médicos e faz desabafo: "ainda somos humanos"

wyley homem transgênero
Wyley, Stephan e o bebê (Reprodução/Instagram)

A história de um homem transgênero que engravidou e teve medo de ficar em um hospital de São Francisco por não saber como seria tratado foi destaque da série Extreme Love, da We TV. As informações são do Daily Mail.

Wyley Simpson e seu namorado Stephan Gaeth, ambos com 27 anos, compartilharam a incrível história de sua gravidez acidental.

“Provavelmente eu sou o único homem transgênero que está esperando um filho […] no Texas”, afirmou Wyley em um vídeo antes de dar à luz. “Como serei tratado como um indivíduo transexual no hospital?”, questionou.

“Tudo bem, isso não é algo que você vai ver todos os dias, um homem tendo um parto mas, ao mesmo tempo, ainda somos humanos e quero que as pessoas nos chamem pelos pronomes corretos e nos respeitem”, argumenta.

Wyley é um homem trans e sua transição começou em 2012, quando passou a tomar testosterona. “Sempre me senti desconfortável com o corpo feminino que nasci, me sentia diferente e estava preso em algo que não via como sendo eu”, afirma o jovem.

Ele removeu os seios em 2013 e finalmente começou a se sentir quem era. “Todos podiam ver o quanto eu estava feliz e o quanto eu podia ser eu mesmo”.

Por ser um trans gay, Wyley sempre viu dificuldade em encontrar um parceiro que aceitasse sua transexualidade, mas tudo isso mudou quando conheceu Stephan em um aplicativo de relacionamentos e eles afirmam ter sido amor à primeira vista.

“As pessoas com quem me relacionei no passado não me aceitaram por ser quem eu sou. Stephan sabia desde o início que sou transgênero […] Mas essa gravidez definitivamente não foi planejada”, admite.

O casal já havia conversado com médicos sobre as chances de ter um bebê e os profissionais de saúde afirmaram que Wyley não poderia engravidar por causa da testosterona. O inesperado aconteceu.

“Eu comecei a sentir enjoo e descobri que estava de 11 semanas. Quando vi o resultado positivo, fiquei nervoso, emocionado, comecei a chorar, não sabia o que fazer, pensar ou dizer”, revela Wyley.

A gravidez teve algumas complicações, mas Wyley deu à luz um menino por meio de cesariana. “Quase três dias de trabalho de parto e agora estamos com nosso bebê. Amo meu marido demais. Nunca conheci alguém mais forte”.

Siga-nos no InstagramTwitter | Facebook

Comentários