Redação Pragmatismo
Mulheres violadas 28/Nov/2018 às 18:16 COMENTÁRIOS

Servidores usam câmeras de monitoramento para ver mulheres na praia e em hotel

Servidores de prefeitura usavam câmeras de monitoramento para observar mulheres de biquíni na praia e até dentro do quarto de hotel

Imagens mulheres funcionários prefeitura Guaratuba
Imagens gravadas por funcionários da prefeitura de Guaratuba (reprodução)

Funcionários da Prefeitura de Guaratuba (PR) foram denunciados por usarem as câmeras de monitoramento da cidade para espiar mulheres de biquíni na praia e até em um quarto de hotel.

A denúncia foi realizada por outros servidores da prefeitura, que assistiram aos vídeos quando procuravam por um adolescente desaparecido no mar da cidade do litoral paranaense.

A prefeitura informou que tomou medidas administrativas e que foi instaurada uma sindicância para apurar a conduta dos funcionários. A administração municipal afirma ainda que estuda a possibilidade de afastamento preventivo dos responsáveis.

A Procuradoria Municipal de Guaratuba informou que vai pedir investigação sobre a atitude dos funcionários que fizeram os vídeos.

Os vídeos gravados pelos servidores mostram movimentos de câmera direcionados para as frequentadoras da praia e até para uma hóspede de um hotel da cidade. A mulher estava de biquíni dentro do quarto, e o operador ajustou o foco para gravá-la.

O mesmo aconteceu em outros lugares. Uma adolescente que mexia no celular e uma jovem de saia, que estava com amigos em um bar, também foram alvos das câmeras.

“Eu acho muito revoltante, eu acho que nenhuma mulher gostaria de estar sendo vista através de uma câmera. Eu acho isso muito ofensivo para as mulheres”, afirmou um técnico de segurança da administração municipal.

“De acordo com a lei, as penas vão de repreensão até demissão. Se nós imaginarmos dentro da gravidade que isso representa, certamente será uma tipificação para demissão”, afirmou a procuradora-geral Denise Lopes Gouveia.

A central de monitoramento fica em um prédio e tem 16 funcionários.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários