Redação Pragmatismo
Mulheres violadas 26/Nov/2018 às 13:07 COMENTÁRIOS

Mulher em tratamento contra o câncer é confundida com homossexual e agredida

Sem cabelos por causa da quimioterapia, mulher é agredida ao ser confundida com homossexual no Rio de Janeiro. Revoltado, marido publica desabafo

deborah cancer desabafo facebook

Deborah Lourenço, de 31 anos, foi xingada e agredida no centro do Rio de Janeiro após o agressor confundi-la com um homossexual.

A vítima, que é educadora, passa por tratamento contra um câncer de mama, descoberto em fevereiro deste ano, e voltava de uma sessão de radioterapia quando se viu em meio a uma série de ataques.

O fato ocorreu durante a manhã do último sábado (24). Indignado, o marido dela, Jorge Lourenço, escreveu um relato no Facebook sobre o episódio e a postagem viralizou na rede social.

Deborah e sua mãe decidiram tomar um café na avenida Presidente Vargas, por volta das 8h30, e enfrentaram dificuldades para estacionar em uma vaga estreita.

A educadora saiu do carro para auxiliar a mãe, que estava no volante. Neste momento, um guardador de carros irregular apareceu e pediu para Deborah pagá-lo pela vaga.

“Eu me neguei, já que era o outro cara que estava nos ajudando a estacionar”, disse a educadora. Em seguida, ela foi empurrada, ameaçada e xingada de “veado de merda” pelo homem que se irritou com a negativa de um pagamento.

“Acho que por eu estar careca, ele achou que eu era lésbica ou transexual. Eu fiquei em choque na hora, muito surpresa”, relata.

Por causa da quimioterapia, realizada na primeira parte do tratamento contra o câncer, os cabelos de Deborah caíram.

Desabafo

O desabafo publicado pelo marido de Deborah no Facebook já soma mais de 100 mil curtidas até o fechamento deste texto, além de 55 mil compartilhamentos.

“Hoje, a minha esposa, Deborah, foi agredida no Centro do Rio de Janeiro. Em tratamento de um câncer de mama, ela voltava da radioterapia quando, por conta da queda de cabelo da quimioterapia, foi confundida por um imbecil com um transexual”, diz trecho do texto.

Veja a íntegra:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários