Redação Pragmatismo
Mulheres violadas 27/Nov/2018 às 16:03 COMENTÁRIOS

Lanchonete cria hambúrguer 'Maria da Penha' e provoca indignação

Hamburgueria cria lanche 'Maria da Penha' e é criticada. A escolha teria sido feita para sustentar um trocadilho entre repolho roxo — um dos ingredientes do sanduíche — e olho roxo. Após repercussão negativa, nome foi modificado

maria da penha repolho roxo

Uma lanchonete de São Paulo que nomeou um de seus hambúrgueres de ‘Maria da Penha’ precisou trocar o nome do produto após uma série de críticas nas redes sociais.

Reinaugurada no último dia 14, a Kau Hamburgueria revelou o nome do sanduíche por meio das redes sociais.

“Vocês não têm vergonha na cara? Promover a violência contra a mulher e ainda capitalizar isso?”, protestou uma internauta. “Acabaram de lançar um novo hambúrguer, o BOIcote, eu adorei, recomendo”, ironizou outro.

O sanduíche leva repolho roxo como um dos principais ingredientes, e as palavras “olho roxo” foram destacadas para evidenciar o trocadilho com o nome do lanche.

Depois das críticas, a administração do estabelecimento mudou o nome do sanduíche para “Censurado” e depois para “Um lanche com repolho”.

André Buzzo, dono do estabelecimento, publicou uma nota nas redes sociais dizendo ter “repensado” o nome do sanduíche, mas questionando a enxurrada de comentários negativos:

“Tiramos a página da Kau e o perfil do Instagram do ar, devido a ataques virtuais — para mim, é quase um vírus, onde o que importa é o engajamento e não a solução dada — que pensam que os meios justificam seus fins. Me cobram respeito e o que menos demonstram é o requerido”.

A manifestação do proprietário continuou provocando críticas, o que motivou a página oficial da hamburgueria a divulgar um pedido oficial de desculpas.

No post, os responsáveis finalmente reconhecem o erro e ressaltam que não compactuam com qualquer tipo de violência.

“Entendemos nosso equívoco em relação à escolha do nome [Maria da Penha] e pedimos nossas mais sinceras desculpas pelo ocorrido. Em momento algum desejamos ser desrespeitosos com qualquer mulher […] Não compactuamos com qualquer violência”, diz trecho da nota.

maria da penha repolho roxo
(Imagem do cardápio da lanchonete)

Maria da Penha

A farmacêutica cearense Maria da Penha se tornou um ícone da luta de defesa da mulher no Brasil. Agredida pelo marido a ponto de ficar paraplégica, ela inspirou a criação da lei, que estabeleceu medidas de proteção para as mulheres vítimas de violência e punição rígida aos agressores.

A Lei Maria da Penha foi sancionada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2006.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários