Redação Pragmatismo
Eleições 2018 23/Oct/2018 às 20:12 COMENTÁRIOS

João Doria aparece ao lado de esposa para comentar suposto vídeo íntimo

Candidato João Doria aparece ao lado da esposa, Bia, para rechaçar vazamento de suposto vídeo íntimo, classificado por ele de "montagem". Adversário de Dória, Márcio França também se pronunciou

João Doria vídeo íntimo
João Doria e Bia Doria

O candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB, João Doria, publicou em suas redes sociais uma declaração sobre um vídeo vazado nesta terça-feira (23), em que o ex-prefeito, supostamente, aparece participando de uma orgia.

Ao lado de sua esposa, Bia Doria, o tucano rechaçou a gravação, que atribuiu a uma “fake news” e afirmou que pediu a um perito criminal que analisasse as imagens.

“Hoje eu vi um vídeo vergonhoso nas redes sociais, produzido por alguém que só quer o meu mal, o mal da minha família. Pedi a um perito criminal que verificasse essas imagens, pedi também medidas judiciais e criminais contra os autores desse vídeo”, disse o candidato.

Segundo Doria, a gravação fere sua família, sua esposa e seus filhos. “Peço desculpas a você, pelo nível dessa campanha em São Paulo, não imaginei que pelo fato de estarmos liderando, o vale-tudo começasse principalmente nesse nível, nos últimos dias”, reforçou.

Na declaração, ele ainda cita o candidato à Presidência, Jair Bolsonaro (PSL). “Jair Bolsonaro também tem sofrido ataques de todos os tipos. Nós resistiremos, resistiremos por São Paulo, por defender São Paulo e por defender o Brasil.”

Assim que o vídeo começou a ser compartilhado, a coluna de Lauro Jardim, no jornal O Globo, publicou que Doria havia acusado seu adversário, Márcio França (PSB) de ser o responsável pela divulgação vazada.

Após a acusação, França reagiu em seu Twitter:

“É lamentável que Dória nos faça essa acusação que chega a ser quase tão grave quanto a violência de que ele é vítima. Repudiamos tanto a declaração do candidato, quanto a divulgação desse tipo vídeo. SP não merece esse constrangimento. Dória não deve medir os outros por sua régua”, escreveu Márcio França.

Exame

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários