Redação Pragmatismo
Direita 19/Sep/2018 às 20:11 COMENTÁRIOS

Ginecologista chama mulheres residentes de "fedidas" e "nojentas"

Ginecologista chama médicas residentes que repudiam Bolsonaro de “fedidas” e “nojentas”. Postagem do médico também ataca “viadinhos”. Ele apagou seu perfil após a repercussão. Hospital divulgou nota de repúdio e diz que tomará medidas

Igor Aquino Médico Ginecologista

O médico ginecologista Igor Moreira Aquino deletou o seu perfil no Facebook após a repercussão de alguns posts ofensivos e preconceituosos de sua autoria.

Igor, que também é tenente da Polícia Militar, fez declarações machistas e misóginas direcionadas às médicas residentes que criticam Jair Bolsonaro e se declaram feministas. Ele chamou as profissionais de “fedidas” e “nojentas”.

As publicações foram registradas no último dia 13 de setembro de 2018. O homem trabalha no Hospital Odilon Behrens, em Belo Horizonte.

“Lembre-se, se você é feia, não culpe a colega linda, não culpe os homens em geral, não culpe a si mesma, culpe o seu pai, o homem feio que comeu a sua mãe feia e produziu uma pessoa feia, logicamente”, diz Igor, em outro trecho da publicação.

Em outra publicação, na qual compartilha a notícia “Bolsonaro lidera entre as mulheres”, do site O Antagonista, o médico fala que as mulheres brasileiras “que não foram vítimas de violência sexual”, “que não foram agredidas ou abandonadas pelo pai” ou “pelo marido” e “aquelas que não tem filho bandido ou filha aborteira” vão votar no presidenciável do PSL.

Ao jornal O Tempo, o Hospital Odilon Behrens afirma que lamenta o ocorrido e repudia “qualquer ato de desrespeito, preconceito e incitação à violência”.

Em nota, o hospital diz ainda que a direção tomará “todas as medidas legais cabíveis após apuração” do caso. O Odilon Behrens declarou ainda que “Igor Aquino trabalha como plantonista no HOB e não é ‘chefe’ do serviço de residência em Ginecologia’.

A Polícia Militar, por sua vez, declarou que “não coaduna com comportamentos discriminatórios, ofensivos e desrespeitosos” e que a unidade do qual o médico faz parte está apurando o caso.

Leia a nota do hospital:

A direção do hospital Metropolitano Odilon Behrens reitera que o Médico Ginecologista, Igor Aquino, trabalha como plantonista no HOB e não é “chefe” do serviço de residência em Ginecologia.

Quanto às postagens feitas pelo médico em sua rede social, a direção do HOB lamenta pelo ocorrido e repudia qualquer ato de desrespeito, preconceito e incitação à violência.

Reiteramos ainda, que a direção do hospital está atenta ao caso e tomará todas as medidas legais cabíveis após apuração do mesmo.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendações

Comentários

  1. Odete Pottmaier Postado em 06/Jul/2019 às 13:50

    Meu Deus!!! Que baixo nível !!! Um médico!!! Que horror!!!

  2. Mario Silva Postado em 06/Jul/2019 às 13:50

    É esse tipo de gente(se é que se pode chamar assim)que quer governar o país!!

  3. Daniel Lemes Postado em 06/Jul/2019 às 13:50

    Hospital não tem que apurar nada, só demitir, sumaria e rapidamente. Imagine um lixo desses lidando diariamente com mulheres precisando de atendimento ginecológico...

  4. Rodrigo Postado em 06/Jul/2019 às 13:50

    Ele é tão macho, mas tão macho que não teve coragem de manter a postagem. Acho incrível ele afirmar por que os pais por serem feios irão produzem só filhos feios, ele deve ter pulado as aulas de genética, só pode. Fico imaginado a educação que ele teve, aliais, reclama de educação e parece que não teve nenhuma.

  5. Bruno Way Postado em 06/Jul/2019 às 13:50

    Pau no cu do redator dessa matéria.

  6. Gilberto De Miranda Junior Postado em 06/Jul/2019 às 13:50

    Respondendo no nível do BOÇAL: Só é possível ser feio por dentro, como é Vossa Senhoria, prezado Doutor Sem Tese (DST), e pelo visto sem Tesão. Para a beleza física, existe Mastercard! E em que pesem os subjacentes "Prazeres-da-Carne", muito antes de bonita, uma mulher 'boa-de-cama' tem que ser é bem disposta, tarada mesmo. Nada a ver com beleza, não passa nem perto disso! Não me estranha que não se aperceba do fato, prezado DST, pois imagino que ao chegar em casa depois de umas e outras com os amigos, às vezes Vossa Senhoria descubra somente no outro dia pela manhã ter dormido no refrigerador e não na cama de sua esposa. Afinal, sabe-se bem que Médicos (DSTs) não são humanos, logo não têm casamentos, têm contratos. Por outro lado, impossivel culpar sua esposa, afinal quem teria algo que não indiferença por um imbecil como você?