Redação Pragmatismo
Justiça 21/Ago/2018 às 13:13 COMENTÁRIOS
Justiça

Vídeo: Cármen Lúcia e Raquel Dodge cantam e dançam com Alcione

Publicado em 21 Ago, 2018 às 13h13

Vídeo: A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, e a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, dançaram e soltaram a voz ao lado da cantora Alcione. Cena dividiu opiniões na internet

Alcione Cármen Lúcia

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, e a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, ‘caíram no samba’ nesta terça-feira (21).

A presidente do Superior Tribunal de Justiça, Laurita Vaz, também aderiu à festa.

Elas dançaram e soltaram a voz ao lado da cantora Alcione no embalo do clássico “Não deixa o samba morrer”. “Vai, Cármen Lúcia”, incentivou a cantora.

“Não deixe o samba morrer/ Não deixe o samba acabar/ O morro foi feito de samba/ De samba pra gente sambar”, entoou a presidente do Supremo.

O momento de descontração foi propiciado pelo seminário “Elas por Elas”, realizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), presidido por Cármen.

O evento reuniu lideranças empresariais e do meio jurídico para debater a participação da mulher no poder estatal e na sociedade.

O vídeo foi publicado nas redes sociais por Alcione. “Tão bonito ver a desconstrução positiva dos que vivem sob a rigidez sisuda do poder. Em última instância somos todos humanos, necessitados das mesmas alegrias, vítimas das mesmas agruras”, comentou no Instagram o Padre Fábio Mello, também cantor e influenciador digital.

Na internet, porém, a maioria das reações foi de desconfiança e crítica.

“Enquanto cidadãos brasileiros estão morrendo, em greve de fome, para ver se a presidente do STF pauta assunto de interesse nacional, essa criatura que não tem a menor responsabilidade com o país e a democracia fica de festas com a procuradora, e outras, e com certeza às nossas custas. Tudo como se o país estivesse às mil maravilhas e como se o judiciário não fosse responsável pelo caos que vivemos com o RJ quase em guerra e em Roraima imigrantes sendo barbarizados”, publicou uma internauta.

“Não chega a ser exatamente uma decepção, pois a Marrom sempre foi Sarney e nunca deixei de apreciar seu talento musical por isso. Mas que esse videozinho de confraternização com as golpistas é de embrulhar o estômago, ah, isso, com certeza é”, escreveu outro.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendações

Comentários

  1. Roberto Pedroso Postado em 06/Jul/2019 às 13:41

    Alcione que será interprete do jingle de campanha de Roseana Sarney ao governo do estado do Maranhão, aquela mesma filha de Sarney representeante da ''dinastia'' Sarney uma família que representa tudo aquilo que existe de ruim em termos de politica......e Alcione entusiasmada puxa o coro junto com outras autoridades do poder judiciário que alegres cantam,isso explica muita coisa,ajuda a explicar o estado atual social e politico de nosso Pais.....faltou apenas a candidata Roseana nesta cena.....enquanto uns cantam o povo é quem ''samba''.