Redação Pragmatismo
Mundo 05/Jul/2018 às 16:16 COMENTÁRIOS

Meninos presos em caverna aparecem saudáveis em novo vídeo

Novo vídeo mostra meninos de caverna da Tailândia em bom estado de saúde. Equipes de resgate começaram a treinar os adolescentes. Socorristas correm contra o tempo e a probabilidade de mais chuvas

Meninos Tailândia Caverna

Os doze adolescentes de um time de futebol e seu treinador gravaram um novo vídeo garantindo que se encontram em bom estado de saúde. Ainda não se sabe quando será possível resgatar os garotos, devido às dificuldades de acessá-los pela caverna alagada.

No vídeo, divulgado pela Thai Navy SEALs, é possível ver os meninos envoltos em cobertores térmicos e falando, um por um, “estou saudável” e agradecendo às equipes de resgate. Cada um dos meninos é mostrado com um facho de luz, diz olá e se apresenta com a cabeça abaixada e as mãos unidas, uma saudação “wai” tradicional.

Segundo a rede americana CNN, Claus Rasmussen, que pertence à equipe de resgate, informou que os garotos ouviram cães latindo, galo cantando e crianças brincando, o que levanta a possibilidade de haver alguma abertura no teto da caverna. As equipes estão procurando pela suposta saída para tentar retirar o time de futebol sem que seja necessário ensiná-los a mergulhar.

O principal plano para retirar os garotos, que têm entre 11 e 16 anos, é através do mergulho, já que a caverna está alagada. No entanto, essa alternativa apresenta problemas, porque aprender a mergulhar é demorado, principalmente em cavernas. Outra opção seria esperar quatro meses para retirar o time, já que ao fim desse período acabam as chuvas de monções na região.

Preparação

As equipes de resgate começaram hoje a dar aulas intensivas de mergulho e natação para os adolescentes, em uma tentativa de retirá-los da caverna Tham Luang, na província de Chiang Rai.

Mergulhadores, médicos e membros das forças especiais da Marinha da Tailândia estão com os meninos e seu técnico, fornecendo-lhes remédios e alimentos enquanto especialistas avaliam as condições para retirá-los com segurança, uma tarefa que o governo avisou que não será fácil.

“A água é muito forte e o espaço é estreito. Extrair as crianças exige muitas pessoas”, explicou o vice-primeiro-ministro, Prawit Wongsuwan, a repórteres. “Agora estamos ensinando as crianças a nadar e mergulhar”, disse, acrescentando que, se o nível das águas e a correnteza diminuírem, elas serão retiradas rapidamente.

Até a noite de ontem cerca de 120 milhões de litros de água haviam sido retirados com bombas, ou cerca de 1,6 milhão de litros por hora.

Especialistas dizem que os mergulhadores precisaram de três horas para alcançar os meninos, localizados a cerca de 4 quilômetros da entrada da caverna.

Um grupo de aproximadamente trinta mergulhadores foi visto preparando equipamentos e seguindo para as cavernas hoje, acompanhados por militares e um especialista em cavernas estrangeiro.

VÍDEO:

Agências Internacionais

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários