Redação Pragmatismo
Eleições 2018 20/Jul/2018 às 15:42 COMENTÁRIOS

Bolsonaro ensina criança a fazer arma com a mão e revolta internautas

Bolsonaro pega menina no colo durante evento político e a auxilia a usar os dedos polegar e indicador para simular que segurava uma arma em suas mãos. Porta-voz tentou justificar ato do presidenciável com argumento estapafúrdio

Bolsonaro menina arma na mão

Um episódio protagonizado por Jair Bolsonaro (PSL) em Goiânia provocou revolta nas redes sociais. O presidenciável causou polêmica após posar com uma criança no colo, ensinando a ela a fazer o sinal de uma arma com a mão (imagem acima).

As imagens foram registradas enquanto o deputado estava em cima de um carro de som onde discursaria para simpatizantes.

Muita gente já se manifestou publicamente para rechaçar a cena. “A arma que defendemos para nossas crianças é uma boa educação! Bolsonaro é inimigo do Brasil”, disse Guilherme Boulos, pré-candidato do PSOL à Presidência.

“Essa imagem é real? Isso é grave! O sujeito pega uma criança, faz o símbolo de uma arma, fala que vai armar a população e o povo de Goiânia ainda aplaude? Meu Deus… uma CRIANÇA”, escreveu uma internauta.

“Dois homens se beijando na novela: ‘meu deus do céu, que horror, isso vai influenciar meu filho!’ Bolsonaro fazendo sinal de arma com uma criança de no máximo 4 anos: ‘lindíssimo, bolsomito 2018′”, ironizou outro usuário.

O deputado delegado Waldir (PSL-GO), que acompanhava Bolsonaro, tentou justificar o ato do presidenciável com um argumento, no mínimo, esquisito.

Segundo Waldir, o gesto que Bolsonaro ensinou à menina não significa uma arma “para as pessoas de bem”, mas apenas “para bandidos”. O deputado afirmou ainda que o gesto simboliza “ser cristão” (sic).

“Tem que fazer a distinção. Para as pessoas de bem (o gesto) é coragem, honestidade, ser patriota. Mas para o bandido pode ser uma arma”, complementou.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários