Redação Pragmatismo
Racismo não 29/May/2018 às 21:51 COMENTÁRIOS

Série fenômeno da ABC é cancelada após comentário racista de protagonista

Comentário racista de protagonista motiva ABC a cancelar série sensação de audiência da emissora. Canais e serviços de streaming que exibiam a atração também anunciaram o cancelamento. Após a polêmica, atriz fica desempregada e pede desculpas

Roseanne Barr comentário racista
Roseanne Barr em cena da série Roseanne

Um comentário racista publicado no Twitter fez com que a ABC, uma das maiores emissoras de TV do mundo, cancelasse a série que era considerada fenômeno de audiência e popularidade.

O post racista foi publicado pela atriz e comediante Roseanne Barr, estrela da atração que leva o seu nome, ‘Roseanne’. Sensação do ano na TV norte-americana, a série já tinha sido renovada para mais uma temporada.

“A publicação de Roseanne no Twitter é detestável, repugnante e incompatível com os nossos valores, e decidimos cancelar sua série”, afirmou em declaração oficial ao site TheWrap a presidente da ABC, Channing Dungney.

Na publicação, Roseanne Barr comparou Valerie Jarrett, conselheira do ex-presidente Barack Obama, a um macaco. “Irmandade Muçulmana e ‘Planeta dos Macacos’ tiveram um filho = VJ”, escreveu.

Nesta terça (29), durante participação especial em um programa do canal de notícias MSNBC, Valerie opinou sobre o caso. Ela disse que tudo isso “tem de virar um momento de aprendizado” e que está preocupada “com tantas outras pessoas que não têm um ciclo de amigos e seguidores que possam defendê-los”.

Valerie ainda fez questão de ressaltar que comentários como os de Roseanne “são exemplos de racismo que acontecem todos os dias”. Advogada e ativista, Valerie Jarrett é negra e nasceu no Irã, filha de pais americanos.

A polêmica

Logo após o post racista de Roseanne, vários atores, jornalistas e celebridades hollywoodianas protestaram e pediram um posicionamento da ABC, rede que tem uma veia familiar forte e abre espaço para a diversidade.

Executivos da ABC já passaram por outras situações delicadas por causa da atriz e pediram a ela que se dedicasse mais à série e saísse um pouco do Twitter. Não funcionou.

Agora, a atriz informou que vai deixar de vez as redes sociais, mas antes deixou um pedido de perdão. “Eu peço desculpas a Valerie Jarrett e a todos os americanos. Eu realmente sinto muito por ter feito uma piada ruim sobre a política e a aparência dela”, escreveu a comediante. “Eu deveria ter pensado melhor. Perdoem-me pela piada de mau gosto.”

Desempregada

Além do canelamento pela ABC, o Hulu removeu todos episódios da série de seu serviço de streaming. Paramount Network, TV Land e CMT, canais que pertencem à Viacom, também deixarão de exibir a série a partir de amanhã.

A atriz está agora desempregada e sem representante. A agência de talento ICM Partners decidiu romper com Roseanne. “O que ela escreveu é antiético e fere nossos valores”, falou a empresa em nota divulgada a seus funcionários. “Roseanne Barr não é mais nossa cliente”, decretou.

“Roseanne”

“Roseanne”, uma sitcom que se propunha a retratar a classe trabalhadora americana, ficou no ar originalmente entre 1988 e 1997 e fez grande sucesso, frequentemente entrando na lista das séries mais assistidas dos Estados Unidos.

Na onda de revivais da TV americana, a comédia retornou para uma décima temporada em 2017 – e foi um sucesso estrondoso, com seu episódio de estreia visto por 18,44 milhões de espectadores.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários