Redação Pragmatismo
Direita 27/Mar/2018 às 11:36 COMENTÁRIOS

Padre agredido na caravana de Lula faz apelo contra o fascismo

Atacado na caravana de Lula no Paraná, padre de 64 anos que teve nariz quebrado em agressão covarde faz apelo contra o fascismo: “Não é pela violência que a gente transforma o Brasil”

Padre Idalino agredido caravana de Lula
Padre Idalino

Um padre de 64 anos de idade foi agredido no rosto durante a passagem da caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo Paraná.

Idalino Alflen estava na cidade de Foz do Iguaçu (PR) no evento de recepção à Lula. Ao avistar milicianos comportando-se de maneira agressiva, atirando pedras e ovos, o padre abriu os braços em sinal de protesto.

Neste momento, um homem avançou contra ele com uma moto e o agrediu no rosto. O religioso teve o nariz quebrado na agressão e ficou com o olho roxo.

Ainda machucado, o padre fez um apelo contra o fascismo: “Não é pela violência que a gente transforma. É preciso ter mais respeito para que o Brasil seja um país de fato democrático”.

Nas redes sociais, o ataque contra o padre provocou indignação. “Se não houver um basta enérgico a essa barbárie feita por uma horda de bandidos travestidos de “cidadãos do bem”, logo logo teremos os primeiros cadáveres dessa guerra de classes que a mídia parcialmente vergonhosa provocou. Os extremistas se sentem à vontade para fazerem o que quiserem“, alertou um internauta.

É isso que eu admiro no “sul maravilha”: o povo “civilizado”, “hospitaleiro”, “pacifico”, diferente dos “primitivos”, agressivos” e intolerantes do nordeste”, publicou outro.

Muita violência

A passagem da caravana de Lula pelo Sul do Brasil tem enfrentando uma onda de violência sem precedentes na história política recente brasileira. Algumas ações foram meticulosamente orquestradas, como demonstram estes áudios.

Crianças estão sendo estimuladas a atacar a caravana e mulheres que simpatizam com Lula já foram brutalmente espancadas. Relembre:

Criança é estimulada a jogar pedra em ônibus de Lula
Mulher agredida com o filho na caravana de Lula deixa o hospital

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários