Redação Pragmatismo
Palestina 01/Mar/2018 às 00:08 COMENTÁRIOS
Palestina

Israel prende sete crianças da família da jovem Ahed Tamimi

Publicado em 01 Mar, 2018 às 00h08

Estado de Israel prende nove membros da família da jovem Ahed Tamimi; sete são crianças. Um deles foi baleado na cabeça com uma bala de borracha e aguarda cirurgia para reparar a parte do crânio que lhe fora removida

Israel crianças família Ahed Tamimi
Ahed Tamimi

O Estado de Israel deteve nove membros da família de Ahed Tamimi, habitantes da aldeia de Nabi Saleh, no território ocupado da Cisjordânia. Ahed Tamini, adolescente palestiniana de 17 anos, encontra-se detida há dois meses por ter esbofeteado um soldado israelita durante uma ação repressiva na sua aldeia. A família da jovem tem um historial de ativismo contra a ocupação israelita.

Face ao aumento dos distúrbios e ataques terroristas na aldeia, as Forças de Defesa de Israel, o Shin Bet, a polícia de fronteiras e a polícia israelense conduziram uma operação em Nabi Saleh, onde detiveram nove palestinos”, afirmou um porta-voz do Exército israelense, segundo o jornal El Diario.

Porém, segundo a Organização para a Libertação da Palestina (OLP), não são nove, mas sim dez as pessoas detidas, todas familiares e com idades compreendidas entre os 12 e os 30 anos.

Efe Manal Tamimi, ativista e familiar dos detidos, explicou que sete destes são menores de idade e que esta operação militar supõe “um novo aumento do nível de ataques” sobre a aldeia.

Um dos detidos é Mohammed Tamimi, de apenas 15 anos, que fora baleado na cabeça com uma bala de borracha no dia da detenção da sua prima Ahed. Mohammed ficou gravemente ferido e aguardava por uma nova cirurgia que restaurasse a parte do crânio que lhe fora removida na cirurgia de emergência após ter sido baleado em dezembro de 2017.

A aldeia de Nabi Saleh, no norte da Cisjordânia, há muito que é um território de manifestações contra a ocupação israelita. Os protestos semanais terminam muitas vezes em confrontos com as forças militares de Israel.

Ahed Tamimi é acusada de 12 crimes e poderá enfrentar uma longa pena de prisão se for condenada.

Leia também:
As mulheres palestinas que enfrentaram soldados israelenses
O dia em que Israel promoveu sua ‘limpeza étnica’
Arquivos confidenciais revelam plano macabro de Israel contra palestinos
A onda de assassinatos por vingança entre israelenses e palestinos
Os 5 muros que ainda dividem populações no mundo
Palestinos criam ‘desafio do balde de escombros’
Violência de Israel faz parte do dia-a-dia do povo palestino

Esquerda.net

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendações

Comentários