Wallison Ulisses Silva dos Santos
Direita 22/Jan/2018 às 12:47 COMENTÁRIOS

As crônicas de Verde e Amarelo

direita verde amarelo pato conservadores golpe michel temer

Wallison Ulisses Silva dos Santos*,

Já aviso ao leitor que a história a seguir é difícil de acreditar e qualquer semelhança com a realidade é pura coincidência.

Era uma vez uma história nada encantada de um reino rico, mas com uma população pobre que foi explorada pelos seus governantes por mais de 500 anos. Em dado período esse povo se revoltou e passou a exigir mais saúde, segurança e educação.

Parecia que o povo não aceitaria mais os desmandos da nobreza e que agora o reino seria finalmente feliz para sempre. O povo dizia que não iria pagar o pato e que exigia melhoras imediatamente, por isso apoiaram a troca da sua soberana e um outro governante entrou em seu lugar, agora apoiados por antigos adversários do governo.

O povo agora acreditava que a primavera seria longa e farta, mas descobriram depois que os novos governantes também praticavam atos não próprios para contarmos nessa historinha. As rações para os cavalos ficaram caras e agora o povo estava com dificuldade para locomover-se, o óleo que era usado para iluminar as lamparinas das ruas e casas estava cada vez mais caro e o povo sequer estava conseguindo lenha para cozinhar.

Os súditos do reino pareciam agora não achar mais nada ruim e a tudo aceitar mesmo tendo que mais anos trabalhar para na velhice poder descansar e as condições de trabalho que só faziam piorar, parecendo envolvidos em algo sobrenatural estar.

Leia aqui todos os textos de Wallison Ulisses Silva dos Santos

O reino continuava rico, pois enquanto o povo nem migalhas tinha mais os nobres governantes viviam em palácios luxuosos e com banquete. O mesmo povo que antes disse que não pagaria o pato agora parece aceita pagar a floresta inteira e o reino vive iludido, esperamos que não para sempre.

Leia também:
A democracia da impopularidade
Bancos lucram mais em 2017, fecham agências e cortam vagas de trabalho
Impunes, Temer e Aécio são a cara do Brasil pós-golpe
A mídia, a corrupção e os sistemas político, econômico e jurídico

*Wallison Ulisses Silva dos Santos é economista e mestre em economia pela UFMT, especializando-se em Direito Trabalhista pela UNOPAR, professor de economia no Instituto Cuiabano de Educação (ICE), assessor econômico da Associação dos Revendedores de Veículos do Estado de Mato Grosso (AGENCIAUTO MT), membro da Associação Sustentabilidade para Todos MT e colabora para Pragmatismo Político

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários