Redação Pragmatismo
Geral 01/Nov/2017 às 22:02 COMENTÁRIOS

Família dos EUA passa três dias na floresta após fugir de assalto no Pará

Casal e filhas norte-americanas pularam no rio e nadaram até a margem após piratas abordarem barco onde estavam. Eles ficaram três dias na floresta e se alimentaram de frutas até o resgate

família dos EUA mata desaparecidos
Família passa bem, apesar das escoriações

O casal de norte-americanos Adam Harris Heart, de 39 anos, e Emily Faith Heart, de 37, e as duas filhas desapareceram no útimo domingo (29), após serem vítimas de um assalto praticado por piratas a uma balsa que seguia para o município de Breves, na Ilha de Marajó, no Pará.

De acordo com informações da Secretaria de Segurança do Pará (Segup), os assaltantes deslocaram a balsa para uma área conhecida como Porto dos Dias.

Lá, pegaram os pertences roubados e abandonaram a embarcação, deixando tripulantes e passageiros presos. Quando a polícia chegou ao local, percebeu que a família americana não estava mais na balsa.

A Segup montou uma operação para fazer buscas pela família na região de Breves. Um helicóptero do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) foi usado para auxiliar no trabalho.

Frutas

O casal e as filhas foram encontrados por moradores da vila Curumu, no município de Breves. A polícia foi acionada. A vila fica próxima do local onde piratas cometeram o assalto.

Os norte-americanos contaram que fugiram da embarcação logo que perceberam a ação dos criminosos. A família pulou na água e nadou até a margem. Eles ficaram na mata durante três dias se alimentando de frutas e bebendo água do rio.

Apesar de algumas escoriações leves pelo corpo, o casal e as crianças estão bem.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários