Redação Pragmatismo
Tragédia 02/Oct/2017 às 22:59 COMENTÁRIOS

Mulher é demitida de emissora após ironizar vítimas do atentado em Las Vegas

Emissora de TV demite alta executiva que postou comentários irônicos sobre vítimas do atentado que deixou 59 mortos e 500 feridos em Las Vegas

atentado em las vegas

A emissora de televisão norte-americana CBS demitiu nesta segunda-feira (2) a vice-presidente de negócios Hayley Geftman-Gold após ela postar nas redes sociais comentários irônicos sobre as vítimas do atentado desta madrugada em Las Vegas. As informações são do LA Times.

“Se eles não fizeram nada quando crianças foram assassinadas, eu não tenho esperança de que os ‘Repugs’ irão algum dia fazer a coisa certa. Eu realmente não sou muito solidária porque os fãs de música country normalmente são republicanos defensores de armas”, escreveu a executiva no Facebook.

Ao menos 58 pessoas morreram e mais de 500 ficaram feridas depois que um homem abriu fogo contra uma multidão que assistia a um festival de música country em Las Vegas, nos Estados Unidos, na noite de domingo (horário local, madrugada no Brasil).

Trata-se do maior ataque por arma de fogo já registrado no país. O atirador estava no 32º andar de um hotel e disparou para baixo. Ele cometeu suicídio em seguida.

O Estado Islâmico reivindicou a autoria do atentado, mas o FBI, a polícia federal dos EUA, não vê ligação do autor com terrorismo internacional.

VEJA TAMBÉM: O que se sabe e o que ainda é preciso saber sobre o atentado em Las Vegas

“Essa pessoa, que estava conosco há aproximadamente um ano, violou os padrões da nossa empresa e já não é mais uma funcionária da CBS. Suas opiniões expressadas nas redes sociais são profundamente inaceitáveis para todos nós da CBS. Nossos corações estão com as vítimas de Las Vegas e suas famílias”, disse um porta-voz do canal à Fox News.

A demissão veio depois que diversos internautas se mobilizaram para pedir o fim do contrato da executiva. No Facebook, foi criado o grupo “Demitam Hayley Geftman-Gold”, onde foi divulgado um abaixo-assinado.

A notícia do desligamento foi comemorada pelos integrantes da comunidade. O perfil de Hayley foi deletado da rede social.

com informações de G1

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários