Redação Pragmatismo
Religião 19/Oct/2017 às 14:00 COMENTÁRIOS

Deputado católico e ministro da Cultura quase chegam às vias de fato

Deputado presidente da Frente Parlamentar Mista Católica Apostólica Romana diz ao ministro da Cultura que a mãe dele deveria ser “urinada na cabeça” e exposta de “perna aberta” em museu

Deputado católico e ministro da Cultura briga baixaria câmara vias de fato
Ministro Sérgio Sá Leitão e deputado Givaldo Carimbão(reprodução)

Kiko Nogueira, DCM

Na Comissão de Segurança Pública da Câmara, o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, e o deputado Givaldo Carimbão quase chegaram às vias de fato.

Carimbão, presidente da Frente Parlamentar Mista Católica Apostólica Romana (isso existe), se lembrou de uma exposição de arte em que a imagem de Nossa Senhora era explorada — isso segundo sua mente doentia.

Eu queria que fosse com a mãe do ministro”, falou Carimbão. “Eu queria pegar a mãe do ministro e colocar com as pernas abertas”.

Leitão se levantou para deixar a sessão e, exaltado, pediu respeito à mãe falecida, “que merece todo respeito”.

Os ânimos se exaltaram até que o presidente da comissão, Alberto Fraga, pediu que as ofensas fossem retiradas das notas taquigráficas e encerrou a sessão.

O ministro já havia se acovardado diante do deputado Sóstenes Cavalcante, da bancada evangélica, que reuniu parlamentares para reclamar da inação do MinC no caso da performance “pedófila” no MAM.

Leia também:
“Uma criança talvez não seja capaz de distinguir um corpo nu em diferentes contextos.”
Empresa traça perfil de quem foi à Paulista se manifestar contra o MAM
Deputado flagrado vendo pornô na Câmara critica “tarados do MAM”
547 crianças de coral masculino católico foram violentadas, revela relatório

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários