Redação Pragmatismo
São Paulo 20/Jul/2017 às 14:32 COMENTÁRIOS

Moradores de rua expulsam João Doria durante ação da prefeitura

João Doria sai para distribuir cobertores no meio da noite e é expulso aos gritos e xingamentos por moradores de rua. Na manhã gelada da última quarta-feira, moradores de rua foram acordados com jatos de água em São Paulo

moradores de rua expulsam hostiliza joão doria cobertor são paulo

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), foi hostilizado na noite desta quarta-feira (19) na região da Santa Cecília, zona central da capital, quando fazia a distribuição de cobertores para moradores de rua. Em imagens registradas pela jornalista Denise Silveira, da Ponte Jornalismo, o prefeito e sua equipe são xingados por moradores de rua em local próximo à estação Marechal Deodoro do Metrô, ao fim da ação que combinou assistencialismo e marketing. Segundo o prefeito, serão distribuídos até 8 mil cobertores e pares de meias até o próximo sábado.

No vídeo, é possível ouvir o Doria sendo chamado de “pilantra” e “assassino“, entre outros xingamentos. Segundo a jornalista, em determinado momento o prefeito teria dito “eu tenho medo dessa gente“.

Na tarde de terça (18), a mais fria dos últimos quatro anos, um morador de rua foi encontrado morto em Pinheiros, zona oeste da capital. Sobre o caso, Doria afirmou que esse não era um “ônus exclusivo” da prefeitura e repartiu responsabilidades com o “governo estadual, o governo federal, entidades, pessoas e igrejas“.

Em 21 de janeiro, a prefeitura alterou um decreto do ex-prefeito Fernando Haddad (PT) que proibia a Guarda Civil Metropolitana de recolher colchões e cobertores da população de rua.

Jatos de água

Reportagem da rádio CBN divulgada nessa quarta-feira (19) atestou que, por volta das 7h da manhã de ontem, quando os termômetros marcavam 12 graus, a equipe de limpeza contratada pela prefeitura usou jatos de água na Praça da Sé, acordando moradores de rua.

Não dá nem tempo de levantar, os caras chegam, jogam jato, molha tudo. Tem muitas cobertas molhadas, perde tudo, o que tiver“, disse um morador que não se identificou à emissora. “Molharam coberta, tem coberta que nós jogamos fora“, descreveu outro dos moradores.

Em vídeo divulgado em rede social, Doria comentou o episódio. “Por uma circunstância, molharam alguns cobertores das pessoas em situação de rua. [Mas] jamais profissional, seja da prefeitura ou terceirizado, jogou jatos de água nas pessoas, essa é uma mentira“, afirmou.

RBA

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários