Redação Pragmatismo
São Paulo 25/Jul/2017 às 10:15 COMENTÁRIOS

Sem ser consultada, ex-estrela do basquete é nomeada 'madrinha' por João Doria

Magic Paula, uma das mais importantes jogadoras do basquete feminino brasileiro, postou em suas redes sociais um esclarecimento após ser nomeada pelo prefeito João Doria como 'madrinha' de projeto em São Paulo sem ser consultada

magic paula joão doria

A ex-jogadora Paula usou o Facebook para manifestar sua surpresa por ter seu nome usado num programa ligado ao basquete lançado pela Prefeitura de São Paulo.

A ex-jogadora de basquete ‘Magic’ Paula, uma das mais importantes figuras do esporte feminino brasileiro, usou o Facebook para manifestar sua surpresa por ter seu nome usado num programa ligado ao basquete lançado por João Doria Jr (PSDB), prefeito de São Paulo.

“Hoje fui surpreendida ao ver o meu nome no G1, em matéria segundo a qual o prefeito de São Paulo, João Doria, teria dito que serei a madrinha de um programa que implantará 12 quadras de basquete 3×3 na cidade de São Paulo. Gostaria de esclarecer que não fui consultada previamente sobre o assunto e que em nenhum momento fiz parte da elaboração deste projeto”, disse Paula.

A ex-atleta ressaltou ainda que a colaboração que tem com a cidade é participar do Conselho Gestor da Secretaria Municipal de Esportes. Paula reforçou que sempre procura participar do planejamento das ações a qual tem seu nome e apoio atrelado.

A Prefeitura de São Paulo enviou uma nota ao G1 neste domingo comentando a situação. Argumentou que tratou-se de uma homenagem e reforçou o caráter social do programa. O texto acrescenta que Paula será procurada.

“O prefeito e o secretário de Esportes conversarão nos próximos dias com Paula, que é membro do Conselho de Gestão da Secretaria Municipal de Esportes, para que ela colabore com a prefeitura neste importante projeto de difusão do basquete na periferia da cidade de São Paulo”.

Ao comentar a atitude da prefeitura de São Paulo, o jornalista Mauro Donato afirma que João Doria imagina que todo ser humano está disposto a ter o nome atrelado às suas ações.

“Doria acredita ser o dono do mundo, pensa que tudo é dele e agora deu para achar que as pessoas também são obrigadas a doarem seus nomes em favor de sua gestão. Tem feito isso reiteradas vezes. Para dar credibilidade à ação na Cracolândia, divulgou uma lista de médicos que estariam dando apoio e fariam a avaliação dos dependentes. Nome de maior destaque, Drauzio Varella fez como Magic Paula e postou no Facebook: ‘Ao contrário do que estão afirmando, Dr. Drauzio nunca foi consultado nem nunca defendeu a internação compulsória indiscriminada como política de saúde pública'”, observa.

Recomendados para você

Comentários