Redação Pragmatismo
EUA 18/Jul/2017 às 10:15 COMENTÁRIOS

Jovem envia foto e mensagem momentos antes de morrer com celular na banheira

Polícia revela como menina de 15 anos morreu ao usar celular enquanto tomava banho na banheira da casa de seu pai. Última foto enviada pela jovem a um amigo ajudou a desvendar o caso e serve de alerta para o público

jovem eletrocutada banheira
Madison Coe

A polícia de Lovington (Texas) liberou a última foto que uma adolescente enviou antes de ser eletrocutada enquanto estava tomando banho. As informações são do Daily Mail.

O que se acredita é que ela tirou a foto e enviou com um texto para um amigo momentos antes de morrer.

Madison Coe, 15 anos, estava na casa do seu pai em Lovington no dia 9 de julho, quando fez uma “gambiarra” e ligou o seu celular em um cabo de extensão enquanto tomava banho.

Os relatórios da Comissão de Segurança dos Produtos dos Estados Unidos e do Departamento da Polícia de Lovington informaram que ela plugou o seu celular em um cabo de extensão, que foi ligado a uma tomada não aterrada na parede do banheiro. O relatório mostrou também que o telefone em nenhum momento ficou imerso na água.

A mensagem mostrada pela polícia mostra a imagem da “gambiarra” e a legenda: “Quando você usa um cabo de extensão para que possa carregar seu celular enquanto está na banheira”.

Segundo a rede de TV NBC, os oficiais disseram que Coe tomou cuidados para manter a conexão com o cabo seca. Acredita-se que ela não estava ciente de uma área significativa de desgaste do cabo de extensão.

As evidências mostraram que ela tocou o cabo de extensão desgastado enquanto estava na banheira com água.

Os pais de Madison concordaram em liberar a foto que ela tirou pouco antes de morrer, para lançar um alerta público para os perigos que a combinação de eletricidade, água e dispositivos eletrônicos portáteis podem representar para as pessoas, especialmente os adolescentes que são os maiores usuários destes dispositivos.

menina celular banheira

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários