Redação Pragmatismo
Mídia desonesta 26/May/2017 às 00:50
0
Comentários

Ricardo Boechat explica leitura de editorial pró-Temer na Band

Bombardeado nas redes sociais, Ricardo Boechat disse que até seus irmãos o cobraram após a leitura do polêmico editorial em defesa de Michel Temer no Jornal da Band

ricardo boechat editorial band temer

Muito popular nas redes sociais, Ricardo Boechat foi massacrado pelos seus seguidores após ler um editorial em defesa de Michel Temer no Jornal da Band.

A leitura do polêmico editorial ocorre no momento em que o atual presidente está no centro do escândalo de corrupção da JBS.

Depois de ser muito cobrado, Boechat veio à público e disse que não foram apenas os seus seguidores que o criticaram, mas também os seus familiares.

“Dois dos meus irmãos me esculhambaram [após a leitura do editorial] no grupo da família”, revelou o jornalista e apresentador.

Boechat usou o Facebook para tentar esclarecer o episódio. Confira a íntegra do seu post abaixo:

Dos meus cinco irmãos, dois me esculhambaram no “grupo da família” (os demais ainda não se pronunciaram) por causa do editorial que li na Band terça-feira (23), favorável a Michel Temer.

A dupla consanguínea não está sozinha: foram, talvez, milhares as porradas nas redes sociais pelo mesmo motivo. A muitas já respondi diretamente, mas não conseguirei fazer o mesmo com as demais. Então, se me permitem, seguem algumas ponderações:

“Editorial” assim está definido nos dicionários: “artigo (…) apresentando o ponto de vista do jornal, da empresa jornalística…”.

Sou âncora do Jornal da Band. Nele, há 12 anos apresento as notícias e os editoriais, sendo estes identificados por selo próprio no vídeo e pela assinatura “esta é a opinião do Grupo Bandeirantes de Comunicação”, oriundos da direção. Quem ouve meus comentários naquela mesma bancada ou na rádio BandNews FM sabe que inúmeras vezes – como agora – minhas posições conflitam com as da emissora. Os comentários estão arquivados, caso queiram conferir.

Atuo com absoluta autonomia, inclusive para divergir publicamente de meus patrões. Essa é a Band – e pergunto-lhes em que outra TV os profissionais gozam de igual condição. Na Globo? Na Record? No SBT?

É imperativo que as empresas de comunicação deixem claras suas opiniões institucionais – e o meio de fazê-lo são os editoriais.

Mesmo na idiotizante briga de torcida que domina o debate nacional, talvez fosse útil refletir sobre os méritos de redações onde jornalistas se sintam seguros para dizer o que está dito neste post.

Ricardo Boechat

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários