Redação Pragmatismo
Homofobia 17/Mar/2017 às 12:32 COMENTÁRIOS

Imigrante gay é sequestrado e estuprado por 2 dias na França

Argelino que deixou seu país para fugir da homofobia foi sequestrado, espancado e estuprado por dois dias na França. Agressores são dois ex-militares e estão presos

imigrante gay estuprado França

O imigrante argelino Zak Ostmane, de 35 anos, foi assaltado, sequestrado e estuprado durante dois dias na cidade de Marselha, na França. As informações são do periódico francês Le Monde.

Zak estava residindo na região há três dias, após fugir do seu país, onde era perseguido por conta da homossexualidade.

A vítima é um dos fundadores da ONG “Shams – France“, que atua em defesa da população LGBT refugiada em território francês.

Zak estava em uma bar bebendo quando começou a se sentir mal. Ele contou que, então, foi levado pelos homens até um hotel da região, onde ele foi mantido refém por dois dias.

Durante o cativeiro, o ativista relatou que foi agredido, roubado e estuprado pelos homens.

Ostmane conta que, pela janela do hotel, ele conseguiu gritar por ajuda. Policiais que estavam em uma viatura ouviram os pedidos de socorro e correram para resgatá-lo. Os agressores acabaram presos.

Na última quinta-feira, por meio de uma publicação em uma rede social, a ONG “Shams – France” se manifestou sobre o caso, que classificou como “ato bárbaro e abjeto”.

Uma investigação criminal foi aberta para apurar o caso. Os agressores, que são dois ex-militares, foram acusados pelo crimes de estupro, sequestro, roubo, violência e extorsão. Ambos estão em prisão preventiva. As identidades deles não foram divulgadas. Ostmane, que chegou a ser hospitalizado, se recupera dos ferimentos.

com informações de O Globo e Le Monde

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários