Redação Pragmatismo
Mulheres violadas 10/Mar/2017 às 10:00 COMENTÁRIOS
Mulheres violadas

Discurso de Temer no Dia da Mulher vira vergonha internacional

Publicado em 10 Mar, 2017 às 10h00

Michel Temer provoca vergonha internacional com discurso do Dia da Mulher. Fala do ex-presidente foi criticada pelos principais veículos de comunicação do mundo. Confira o que disseram CNN, The New York Times, El País, The Independent e outros

discurso de temer dia da mulher

Não foi apenas no Brasil que o discurso de Michel Temer no Dia da Mulher causou espanto pelo tom retrógrado e depreciativo.

Os principais veículos de comunicação da mídia internacional criticaram a fala do atual presidente brasileiro.

Relembre trechos da fala de Temer:

“Tenho absoluta convicção, até por formação familiar e por estar ao lado da Marcela, do quanto a mulher faz pela casa, pelo lar. Do que faz pelos filhos. E, se a sociedade de alguma maneira vai bem e os filhos crescem, é porque tiveram uma adequada formação em suas casas e, seguramente, isso quem faz não é o homem, é a mulher […] ela é capaz de indicar os desajustes de preços em supermercados e identificar flutuações econômicas no orçamento doméstico”.

Para a CNN, Michel Temer foi merecidamente criticado por “elogiar as habilidades das mulheres no supermercado” em um dia que se celebra a luta histórica das mulheres por direitos.

A rede de televisão americana também disse que o presidente foi acusado de ser machista por milhões de brasileiros nas redes sociais. A reportagem afirma ainda que o governo Temer tem recebido críticas mais amplas da população e que tem tido níveis de aprovação muito baixos desde que ele assumiu o cargo no lugar de Dilma Rousseff.

O El País falou sobre o discurso de Temer em reportagem intitulada “O presidente do Brasil reduz o papel da mulher à casa e ao supermercado“.

O “The New York Times” também repercutiu o assunto, com um texto chamado “Brasileiro Temer irrita mulheres com elogio às suas habilidades no supermercado”. O texto lembra que Temer assumiu em maio com uma equipe toda masculina. “Agora, seu gabinete de 28 membros tem duas mulheres”, diz.

O jornal britânico Telegraph lembra que Temer já é impopular entre as mulheres por seu papel no impeachment da primeira presidente mulher do Brasil, por ter abolido o Ministério das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos e por ter assumido o poder com um gabinete inteiramente masculino.

O também britânico The Independent disse que a fala de Temer foi ‘sexista’ ao lembrar que “o presidente brasileiro parabenizou as mulheres por ‘tomarem conta da casa, educarem as crianças e checarem preços no supermercado'”.

“Especialistas em trabalho doméstico, crianças, compras: Michel Temer quis fazer um cumprimento às brasileiras no Dia das Mulheres. Mas a tentativa do presidente brasileiro saiu pela culatra”, apontou o jornal alemão “Frankfurter Allgemeine“.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendações

Comentários