Redação Pragmatismo
Racismo não 23/Feb/2017 às 16:25 COMENTÁRIOS

Jogador brasileiro vítima de racismo abandona o gramado às lágrimas

“Não contive as lágrimas”, diz jogador brasileiro que ouviu insultos racistas durante 90 minutos. Além dos xingamentos, uma faixa erguida pela torcida adversária debochava de Everton Luiz por ele ser negro

racismo jogador brasileiro everton luiz

O jogador brasileiro Everton Luiz, que atua pelo Partizan Belgrado, time da primeira divisão da Sérvia, foi alvo de ofensas racistas em partida disputada no último fim de semana e saiu do gramado às lágrimas.

Durante todo o jogo, a torcida da equipe adversaria, o Rad Belgrado, emitiu gritos imitando um macaco cada vez que o jogador tocava a bola.

Além dos gritos racistas, os torcedores do Rad exibiram uma faixa com dizeres racistas contra o jogador.

“Não consegui conter as lágrimas ao enfrentar insultos racistas durante os 90 minutos”, admitiu Everton Luiz, de 28 anos, após o jogo.

No fim do confronto, o brasileiro foi até a arquibancada do Rad e fez um gesto mostrando seu dedo médio aos torcedores, o que provocou um tumulto entre os jogadores das duas equipes e lhe rendeu um cartão amarelo.

A imagem do meia, consolado pelo goleiro de seu time, não só apareceu nos jornais esportivos de todo o mundo, como também chegou à capa do site Reddit, onde gerou dezenas de milhares de comentários.

Após o incidente, o clube onde joga o brasileiro – que venceu o jogo por 1 x 0 – emitiu um comunicado manifestando rechaço aos incidentes. “O Partizan Belgrado se sente na obrigação de pedir desculpas por todos os danos provocados pelos gritos racistas”, afirma a equipe. “Condenamos veementemente os autores desses atos”.

No comunicado, o Partizan também elogia o papel de Everton Luiz no time. “É um dos melhores jogadores da equipe, e no último ano conquistou os corações dos torcedores, sobretudo por seu comportamento e sua atitude”, diz o texto.

com Reuters e EL País

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários