Redação Pragmatismo
Tragédia 20/Jan/2017 às 18:23 COMENTÁRIOS

Aécio Neves se diz 'profundamente impactado' com morte de Zavascki

'Estou profundamente impactado', diz Aécio Neves sobre morte de Teori. Senador tucano é um dos nomes mais mencionados por delatores na Lava Jato, operação que estava sob responsabilidade de Zavascki no STF

Aécio Neves Teori Zavascki
Aécio Neves diz lamentar morte de Teori Zavascki

O senador e presidente do PSDB, Aécio Neves, lamentou nesta tarde (19) a morte de Teori Zavascki, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), coordenador dos processos da Operação Lava Jato.

Em nota oficial enviada à imprensa, o senador afirmou que está “profundamente impactado” com a tragédia que envolveu o ministro e outros passageiros do voo.

“O Brasil tem uma grande dívida de reconhecimento e gratidão com o ministro pela forma equilibrada e responsável com que ele conduziu um dos momentos mais difíceis da história do país. Ele honrou a cadeira que ocupou na nossa mais alta Corte. Os meus profundos sentimentos às famílias de todas as vítimas”, disse.

Aécio Neves é um dos nomes mais citados por delatores da Lava Jato. Nas próximas semanas, Teori Zavascki quebraria o segredo de justiça que protege as delações.

O ministro analisaria a homologação da delação premiada de 77 executivos da maior empreiteira, a Odebrecht. Estima-se que cerca de 200 políticos, dos principais partidos políticos do país, sejam citados pelos executivos como beneficiários do esquema de corrupção e caixa dois do grupo.

Lava Jato

Teori Zavascki cuidava de mais de 7,5 mil processos no Supremo Tribunal Federal (STF). Entre eles, havia pelo menos 120 inquéritos e ações penais envolvendo autoridades com foro privilegiado, como deputados, senadores, ministros de tribunais superiores e de Estado.

O número, na verdade, é maior, pois há casos em que tramitam de maneira oculta, sob completo segredo de justiça. Não é possível sequer saber de sua existência nos registros do Supremo.

A grande maioria desses processos está relacionada à Operação Lava Jato, conduzida por ele na corte.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários