Redação Pragmatismo
Esporte 13/Dec/2016 às 00:39 COMENTÁRIOS

Procura-se o 'torcedor' mais covarde e babaca do ano

Ao lado de comparsas, torcedor do Fluminense ameaça e humilha colorado de cabelos grisalhos dentro de trem no Rio de Janeiro. Vídeo da cena constrangedora gerou revolta. Vítima diz que pretende levar o caso à Justiça. Após ser identificado, covarde deletou conta nas redes sociais

torcedor do fluminense internacional trem
Cena protagonizada por torcedor do fluminense causou revolta nas redes sociais. Agressor pediu desculpas e deletou as contas nas redes sociais. Vítima diz que pretende levar o caso à Justiça

As imagens divulgadas de um torcedor do Fluminense humilhando, ao lado de comparsas, torcedores pacíficos do Internacional dentro de um trem no Rio de Janeiro não condizem com o momento de união entre brasileiros proporcionado pela tragédia da Chapecoense.

A covardia, registrada em vídeo (assista abaixo), mostra um exaltado torcedor do Fluminense provocando agressivamente colorados após a partida das duas equipes pela última rodada do Campeonato Brasileiro que acabou em empate de 1 a 1 e rebaixou para a série B o time do Rio Grande do Sul.

O principal agressor foi identificado como Bruno Vargas da Costa Um outro torcedor do Fluminense também aparece nas imagens. Em nenhum momento os colocados esboçaram reação. “Caso reagíssemos, não sei se estaríamos vivos”, contou uma das vítimas em entrevista.

O vídeo revoltou internautas, principalmente porque um dos torcedores do clube gaúcho era um senhor com cabelos grisalhos.

Em debate no programa Fox Sports Radio, jornalistas lamentaram o episódio e cobraram punição aos agressores. VÍDEO:

“Não é possível que alguém que conheça esse cretino, olhe para a cara dele e não o trate como tal. Esse cara tem que perder os amigos […] caso tenha filhos, que se envergonhem do pai. É um imbecil inominável. Esse tipo de gente se espalhou pelo Brasil, em tudo, não apenas no futebol. Gente que se acha no direito de interpelar alguém em espaço público dessa maneira”, desabafou o jornalista Flávio Gomes.

“Me sinto humilhado”

José Joaquim Jacques, de 52 anos, é o homem com cabelos grisalhos que aparece nas imagens com a camisa do Internacional. Em entrevista, ele se disse humilhado.

“Foi um escárnio o que aconteceu, queriam que a gente reagisse. Queriam briga. Chegou aquele louco daquele jeito. Impressionante a covardia do cara, sabendo que tinha um monte de gente do Fluminense ali. É coisa de gente que só quer o mal, é repugnante. Foi um constrangimento, um babaca. Essas coisas não podem acontecer de jeito nenhum. Se alguém tivesse reagido, não sei se estaríamos vivos, mais pessoas teriam se machucado. É muito difícil mesmo e não desejo isso para ninguém”, disse ao site GloboEsporte.

“Eu achei que estava começando uma gozação de guri para postar no Facebook. Mas começou a engrossar de um jeito rápido. Estávamos nos provocando, uma provocação doentia. Foi uma experiência que não gostaria que ninguém passasse”, acrescentou.

José Joaquim pretende ingressar na Justiça contra um dos torcedores, mas rejeita qualquer tipo de agressão física.

torcedor do fluminense bruno vargas
Imagem: Bruno Vargas Costa, o principal agressor que aparece no vídeo

“Nós estamos estudando [entrar na Justiça], vendo o que vamos fazer. Estou falando com advogados, não gostaria de expor a família da gente. Espero que não partam para a ignorância com esse rapaz. Poderia ser meu filho. Com certeza a família o deve estar repreendendo. É preciso tomar mais algumas ações, como não deixar ir para o estádio. Mas não bater no cara, isso só cria mais ódio e briga. A Justiça que faça alguma coisa”, ressaltou.

‘Desculpas’ e conta bloqueada

Algumas pessoas divulgaram o telefone e o perfil do Facebook de Bruno, o agressor, que chegou a pedir desculpas pelas redes sociais.

“Primeiramente, gostaria de esclarecer que não houve nenhum tipo de agressão física da minha parte a torcedores do Internacional e sim gozação normal de futebol. Meu time já foi roubado em decisão de Copa do Brasil, já foi rebaixado, já foi humilhado, já caiu para a Série C e aceito numa boa as gozações de torcedores rivais”, escreveu Bruno.

“Futebol é assim. Um dia você sacaneia e outro você é sacaneado! Mesmo assim, por causa da repercussão negativa, venho através desse post me retratar com os torcedores colorados e também das outras equipes! Futebol envolve paixão e reconheço que exagerei nas minhas palavras, e por isso, peço desculpas a todos!”, desculpou-se.

Em seguida, Bruno desativou ou bloqueou as contas do Twitter e do Facebook.

Nota do Fluminense

O Fluminense Football Club vem a público manifestar seu repúdio à atitude de três torcedores do clube contra integrantes da torcida do Internacional, em vídeo gravado no retorno do jogo deste domingo, no trem.

O Tricolor pede desculpas aos colorados e ressalta que este comportamento condenável não representa o da nossa torcida. O respeito ao torcedor adversário precisa ser uma prática comum e recorrente. O futebol deve servir como instrumento de propagação da união, jamais do ódio.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários