Redação Pragmatismo
Fotografia 07/Dec/2016 às 12:36 COMENTÁRIOS

Sergio Moro e Aécio Neves protagonizam a foto do ano

Ídolo das manifestações "contra a corrupção", Sergio Moro foi flagrado ao lado de Aécio Neves (PSDB) em uma situação inusitada. Juiz da Lava Jato gargalhava ao lado do senador tucano, que é uma das figuras mais citadas por delatores da Operação chefiada por Moro

Sergio Moro Aécio Neves

Sergio Moro, ídolo das manifestações “contra a corrupção” que culminaram no impeachemnt de Dilma Rousseff, foi fotografo em uma situação constrangedora na noite desta terça-feira (6), em evento promovido pela revista IstoÉ.

O juiz da Lava Jato apareceu gargalhando ao lado do senador Aécio Neves (PSDB-MG), uma das figuras mais citadas por delatores na Operação chefiada por Moro.

A boa relação entre os dois chama a atenção por conta dos diferentes perfis públicos. Em geral, Moro busca transmitir em suas aparições e manifestações uma imagem austera, exemplar de como um funcionário público engajado no combate à corrupção deve se postar.

Ídolo de manifestantes contra a corrupção, em especial a corrupção do PT, Moro vem se tornando uma figura messiânica e, no último domingo, um manifestante chegou a classificá-lo de “segundo filho” de Deus. (Recentemente, a Lava Jato não quis ouvir o depoimento de Eike Batista sobre doações ao PSDB)

Aécio, ao contrário, é uma figura cuja imagem tem sido duramente afetada desde outubro de 2014, quando perdeu as eleições presidenciais para Dilma Rousseff. O tucano já foi citado por pelo menos cinco delatores diferentes da Lava Jato, entre eles o ex-senador Delcídio do Amaral; o doleiro Alberto Youssef; um de seus entregadores de dinheiro, Carlos Alexandre de Souza Rocha, o “Ceará” (ambos casos arquivados); do lobista Fernando Moura, ligado ao PT; e do ex-deputado do PP Pedro Corrêa.

Nos áudios gravados clandestinamente pelo ex-presidente da Transpetro Sergio Machado, Aécio também aparece com destaque. “Aécio está com medo”, diz o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) a Machado sobre a delação de Delcídio.

Em um outro trecho das gravações, Machado conversa com o também senador Romero Jucá (PMDB-RR) e pergunta: “Quem não conhece o esquema do Aécio?”.

No prêmio da revista Istoé, Moro foi eleito o “Brasileiro do Ano na Justiça”. O prêmio principal da noite, de “Brasileiro do Ano” em todas as áreas, foi para Michel Temer.

Sergio Moro Aécio Neves

informações de CartaCapital

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários