Redação Pragmatismo
Direita 14/Dec/2016 às 15:41 COMENTÁRIOS

A previsão equivocada de Bolsonaro sobre Renan, o STF e a eleição de 2018

Absolvição de Renan Calheiros pelo STF desmonta tese de Bolsonaro sobre eleições de 2018. O deputado conservador foi às redes sociais denunciar que afastamento de Renan era, na verdade, uma suposta conspiração contra sua candidatura à Presidência da República

Jair Bolsonaro Renan Calheiros 2018
O deputado Jair Bolsonaro

Na última semana, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) disse que uma dos objetivos da ofensiva do Supremo Tribunal Federal (STF) contra Renan Calheiros era atingir a sua candidatura à Presidência da República em 2018.

“Essa decisão do Supremo Tribunal Federal em tirar o Renan Calheiros da presidência do Senado, por ele estar na linha sucessória presidencial, pode me atingir em 2018. Até alguns falam que esse seria, talvez, um dos objetivos”, diz o deputado.

Bolsonaro gravou o vídeo antes da decisão final do STF, que manteve Renan Calheiros na chefia do Senado Federal com certa folga: 6 votos a favor e 3 contrários.

Houve acordo entre Judiciário, Executivo e Legislativo para preservar Renan na Presidência da Casa, já que só ele teria cacife para tocar adiante a PEC 55, pauta central do governo Temer.

. A PROPÓSITO:
Após ser salvo no STF, Renan Calheiros acelera votação da PEC 55

Bolsonaro virou réu no STF em 21 de junho deste ano. Ele foi acusado de incitação ao estupro depois de um bate-boca com a deputada e ex-ministra dos Direitos Humanos Maria do Rosário (PT-RS). Bolsonaro disse que não estupraria Maria do Rosário “porque ela não merece”.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários