Redação Pragmatismo
Racismo não 30/Nov/2016 às 18:02 COMENTÁRIOS

Mãe desabafa após saber que filha de 12 anos é vítima de racismo

Ao se deparar com o desespero da filha de 12 anos, que chegou em casa chorando, inconsolável, após ser vítima de agressão racista covarde, mãe publica desabafo e faz apelo comovente

racismo menina negra mãe desabafo
Mãe de menina negra de 12 anos publica desabafo nas redes sociais após não aguentar mais ver a filha sofrer com o racismo

Na terça-feira da semana passada, a menina X., de 12 anos, chegou em casa chorando, inconsolável, e não foi a primeira vez.

A adolescente precisou da ajuda de uma amiga para revelar à mãe as cenas que viveu na escola, em Nova Iguaçu, e em todo o trajeto até chegar em casa. Negra, ela sofreu com a discriminação por conta dos seus cabelos crespos em atos racistas com deboche, xingamento e intimidação. Os cerca de cinco ‘colegas’ chegaram a ameaçar a garota com uma postagem no Facebook.

Assustada com o desespero da filha, Renata Silva dos Santos, de 30 anos, escreveu um relato emocionante em seu perfil na rede, e fez um apelo para que situações como esta não se repitam. As informações são do jornal carioca Extra.

No texto, ela descreveu o que aconteceu com a menina e pediu o fim de atos como esse.

“Não ao preconceito, nossos filhos negros e negras merecem respeito. Cor da pele, cabelo crespo ou liso não fazem o caráter de ninguém. Quantas como ela não chegaram em casa chorando ontem, vão chegar hoje e amanhã? Vamos dar um basta nisso através de uma rede social ou de qualquer maneira! Eu ia me calar, mas minha filha ia sofrer de novo e isso não posso permitir, porque já sofri quando criança e me calei. Hoje não vou me calar”.

O post da mãe viralizou nas redes sociais. Leia a íntegra abaixo:

Boa noite, essa é minha filha Duda ela tem 12 anos uns conhecem outros não em fim.

Vim me desabafar com amigos e familiares, pq sei q tem muitas meninas negras de cabelo crespo como o dela que sofrem muito nessa fase com encarnação e zoação e muitas tbm tem filhas q estão nessa fase.

Ontem essa menina chegou da escola, ao prantos por causa de seu cabelo, zoaram de tudo q podiam sem pena, minha filha não conseguia nem falar, tanto q uma amiguinha dela trouxe ela em casa e me explicou tudo enquanto ela chorava.

Tiravam foto do cabelo dela e falaram q iam postar no Facebook, e ainda quando entrou no refeitório uma menina falou “olha ela aí”, e todos riram e sem ter um pingo de pena foram do portão da escola até o ponto de ônibus, tirando foto de seu cabelo e falando para as meninas de cabelo grande, para dar um pouco de cabelo pra ela.

O cabelo dela caiu um pouco, e sei q ela n está cm a autoestima muito elevada por causa disso, até já estava pretendendo por trança para ajudar crescimento.

Minha filha está muito triste e eu tbm.

Não posso esconder minha filha em casa, com medo dela sofrer. Mas tbm não posso deixar minha filha se esconder porque seu cabelo, como diz a sociedade, é “duro”.

Minha filha tem o direito de ser feliz como qualquer garota de sua idade. Tem muitos adolescentes cruéis que seus pais jogam na escola sem dar um pingo de educação e falar do amor ao próximo; e acham q a escola tem q educar. Pior ainda é saber que um dos adolescentes é negro e mesmo assim zoava ela.

Não ao preconceito, nossos filhos negros e negras merecem respeito.

Cor da pele, cabelo crespo ou liso não faz o caráter de ninguém.

Quantas dudas não chegaram em casa chorando ontem, vão chegar hoje e amanhã?

Vamos dar um basta nisso através de uma rede social ou de qualquer maneira; eu ia me calar, mais eu me calando minha filha ia sofrer de novo e isso não posso permitir, pq já sofri quando criança e me calei e hj não vou me calar.

Vomos ajuda nossos filhos(as) a andar de cabeça erguida, a se amar independente de sua cor ou tamanho de cabelo.

Minha filha n sofre de hj. Desde muito pequena, quando uma menina falou “não brinca com ela pq ela é preta”.

Quantas vezes vou ver minha filha com medo de fazer amigos por causa de sua cor de pele, medo de ser rejeitada, e abaixar a cabeça quando passa num grupinho de garotas com cor de pele clara? Apesar de eu sempre falar ‘não abaixe a cabeça, vc é linda’.

Desculpe o desabafo, mas é só uma mãe q não q ver uma filha sofrer por causa do seu cabelo crespo e a cor de sua pele.

Pq esses adolescentes q fizeram isso podem pensar o q quiser, mas uma coisa eu falo: #dudavcélinda.

Se eu ficasse escrevendo todos preconceitos q minha filha passou até hj não ia caber aqui.

Fiquem com Deus.

Tinha postado só em um grupo fechado q participo mas resolvi compartilhar cm todos, pq isso n pode acontecer; já fui na escola e espero q tomem providências

Assinado: Mãe

#Mãedeumanegralinda

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários