Redação Pragmatismo
Curiosidades 10/Nov/2016 às 17:56 COMENTÁRIOS

Em 1987, Richard Nixon previu a eleição de Donald Trump

Uma curiosa carta de Richard Nixon publicada em 1987 com apenas dois parágrafos previu a vitória de Donald Trump na eleição dos EUA. Documento foi escrito por ex-presidente após aparição de empresário dando entrevista em programa de TV

donald trump carta nixon 1984

Além do cineasta Michael Moore e dos criadores do seriado “Os Simpsons”, Richard Nixon também previu a vitória de Donald Trump nas eleições americanas.

Em 1987, o ex-presidente Richard Nixon enviou uma breve carta [leia abaixo] ao empresário Donald J. Trump, que na época tinha 41 anos e já se destacava em seus negócios imobiliários.

No texto, de apenas dois parágrafos, Nixon elogia a participação de Trump em um popular programa de entrevistas e faz sua acertada previsão.

“Querido Donald. Não vi o programa, mas minha esposa [Pat Ryan Nixon] me disse que você foi fantástico com Phil Donahue [famoso apresentador de talk-show]”, escreve o ex-presidente.

“Como você pode imaginar, ela é uma especialista em política e prevê que no dia em que você quiser concorrer à Presidência dos Estados Unidos será o vencedor”, afirma Nixon. Ele e sua mulher acertaram.

Richard Nixon

O republicano Richard Nixon (1913 – 1994) exerceu a Presidência entre 1969 e 1974, quando teve de renunciar no início de seu segundo mandato em decorrência do escândalo de Watergate — paranoico com intrigas, ele mandou grampear e gravar, sem autorização judicial, todos os telefones da Casa Branca e também o prédio Watergate, então sede do Partido Democrata em Washington.

Sua mulher, Pat Ryan Nixon (1912 – 1993), era formada em marketing e sempre gostou de se envolver nas campanhas políticas de seu marido, o auxiliando com pesquisas e perfis de seus adversários políticos. Como primeira-dama, ela se envolveu em diversas atividades sociais e diplomáticas, além de acompanhar atentamente a rotina da Casa Branca.

A carta:

carta nixon donald trump

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários