Redação Pragmatismo
Meio Ambiente 22/Jan/2015 às 12:16 COMENTÁRIOS

O primeiro país do mundo que só permitirá produção de alimentos orgânicos

Butão se tornará, antes de 2020, o primeiro país do mundo que produzirá todos os seus alimentos com práticas de agricultura orgânica

butão agricultura produção de alimentos orgânicos
Butão só permitirá agricultura orgânica (Imagem: Pragmatismo Político)

Butão, um país com cerca de 750 mil habitantes, se tornará, antes de 2020, o primeiro do mundo que produzirá todos os seus alimentos com práticas de agricultura ecológica.

O ministro da agricultura, Pema Gyamtsho, que também é agricultor, anunciou essa medida ao mundo na Cúpula Sobre o Desenvolvimento Sustentável, que aconteceu na capital indiana, Nova Delhi. Ele também declarou que o desejo do país é exportar alimentos naturais para China, Índia e outros vizinhos continentais.

Nesta data estará proibido o uso de pesticidas e agrotóxicos químicos e os agricultores butaneses utilizarão em seu cultivo somente adubos orgânicos naturais, obtidos de seu gado. Grande parte da agricultura do país já é orgânica por conta do alto custo dos produtos artificiais e para a manutenção da qualidade do solo

O ministro ainda advertiu para os efeitos nocivos dos componentes químicos nos valores nutricionais de frutas e legumes e na contaminação das águas subterrâneas. Para que o prazo seja cumprido, a intenção do governo é aumentar as terras irrigadas e usar variedades de alimentos imunes a pragas.

Leia também:
2018: O retorno do Brasil ao Mapa da Fome
Governo pode liberar ‘pacote do veneno’ em troca da reforma da previdência
De onde vem a comida que chega à sua mesa?
Cidade brasileira adota o Programa Segunda Sem Carne nas escolas públicas
Gigantes da alimentação vendiam carnes estragadas com produtos cancerígenos
Cartaz oferece recompensa por João Pedro Stédile, vivo ou morto
Em 2014 Brasil foi referência no combate à desnutrição e à pobreza, diz ONU
Os motivos da fome na África – Por que a comida não chega e para onde vai?

Pressenza IPA

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários

  1. Murilo Postado em 22/Jan/2015 às 13:18

    Enquanto no Brasil não existe legislação para uso correto de agrotóxicos e transgênicos, em grande parte da Europa por exemplo os transgênicos não são aceitos por ceticismo da própria sociedade e existe estudos franceses sobre transgênicos, mas para Brasil e EUA a mídia teima em afirmar que não se sabe nada e a nova ministra Katia Abreu diz que sem agrotóxicos e os "trans" não há capacidade para alimentar todos, e então vem a pergunta. Por que o Brasil é um dos maiores exportadores de commodities do mundo?. Se ele exporta toneladas de grãos ao mesmo tempo que seus filhos padecem com os olhos esbugalhados de fome. Os políticos e as multinacionais não querem que nosso país seja autônomo/soberano, estas empresas perderiam muito dinheiro junto com senhores que habitam o Planalto, congresso e etc. Parabéns Butão!.

  2. Gespenst von Canterville Postado em 23/Jan/2015 às 00:01

    Enquanto isso, por aqui a gente continua se envenenando e tomando no butão...

  3. Pedro Postado em 23/Jan/2015 às 08:15

    Leici, e se um presidente "que tem consciência dos maleficios causados pelos agrotoxicos" chegasse a casa branca, ou a presidência do Brasil, você acha que ela ou ele seria capaz de convencer toda a naçao a uma agricultura estritamente "organica"?

  4. Foda-se Postado em 23/Jan/2015 às 15:19

    Chove Chove pesticida, é hora de almoçar. Morra contaminado depois do jantar...

  5. Alexandre Bolfarini Postado em 23/Jan/2015 às 15:25

    Compostagem, galera, compostagem!!!

  6. Vando Juvenal Postado em 24/Jan/2015 às 02:52

    Será o primeiro a VOLTAR a cultivar o solo assim, na verdade, ressalva feita aos neologismos. Pois as aceroleiras do quintal da minha mãe não são "orgânicas": são apenas pés de acerola, de onde colhemos frutos pra comer, quando queremos, sem vender ou trocar. E uma delas inclusive brotou espontaneamente.

  7. Tânia Aguiar Postado em 25/Jan/2015 às 14:35

    o Brasil ainda está timido, mas já temos no MDA - Ministério do Desenvolvimento Agrário, o Plano Nacional de Agroecologia. Vamos caminhar, sim. Agora, achei preocupante, quando a noticia diz que usarão variedade imunes a pragas. Seriam transgênicos?