Redação Pragmatismo
Racismo não 24/Jul/2014 às 11:06 COMENTÁRIOS

O gol de Patrick Vieira contra o racismo

Contra o racismo e sem a estética do gesto de Daniel Alves, Patrick Vieira fez o gol que Pelé nunca quis fazer

fofana patrick vieira racismo
Fofana (vítima de racismo) e Patrick Vieira (dir.) – Pragmatismo Político

Patrick Vieira, técnico do time de futebol sub-21 do Manchester City, tomou a atitude mais adequada diante de uma atitude racista. Ao saber que o meio-campista Seko Fofana sofrera um insulto durante a partida amistosa contra o HNK Rijeka, na Croácia, Vieira ordenou que o City abandonasse o jogo ainda no final do primeiro tempo.

A ação de Vieira não teve a estética do gesto de Daniel Alves, do Barcelona, que em um jogo do campeonato espanhol comeu uma banana arremessada por um torcedor rival. Porém ganha em contundência e efetividade, dando um recado direto: “vai nos xingar? Então não vamos jogar, simples assim”.

Por mais grotescos que os torcedores racistas sejam, eles vão aos estádios para ver futebol. Brigam, agridem, enchem a cara, mas querem ver gol e jogadas de efeito. Uma reação espirituosa como a de Daniel Alves pode deixá-los sem graça, mas minutos depois a bola estará rolando, os hoolligans torcendo, xingando e quem sabe comemorando a vitória.

VEJA TAMBÉM: Como lidar com o racismo?

Uma atitude como a de Vieira, por outro lado é uma ducha gelada na torcida. Pior que apagão nos refletores, gol contra ou pênalti chutado pra fora. Ainda mais quando a torcida de um time inexpressivo enfrenta uma equipe badalada como a do City.

Patrick Vieira, campeão da Copa do Mundo de 1998 pela França, sabe na pele o que é sofrer racismo dentro de campo. Em 2000, quando defendia o Arsenal, sofreu abuso do jogador servo-croata Sinisa Mihajlovic em uma partida contra a Lazio.

Talvez isso justifique a postura incisiva diante da agressão a Fofana. Ainda mais sabendo do histórico recente de injúrias contra jogadores do City: no ano passado o meio-campista Yaya Touré sofreu ofensas de torcedores do CSKA da Rússia. Em 2012, o atacante Balotelli foi ofendido por torcedores do Porto, de Portugal.

Se por um lado a Fifa não sinalizou nenhuma ação mais contundente contra o racismo dentro dos campos de futebol, Vieira, mediano quando jogador, foi craque de fina estirpe ao mandar o time sair de campo na Croácia.

Marcou um gol contra o racismo que Pelé nunca fez, e pelo visto não está interessado em fazer. E com a vantagem adicional de que seu ato não tem potencial mercadológico para criar memes de mal gosto ou vender camisas, como a bananada do Daniel Alves.

Leia também:
Qual o legado da abolição da escravatura?
Derrubada a tese da superioridade branca, restou a desigualdade
A trajetória do negro e do racismo no futebol brasileiro
Carta de uma senhora a seu ex-escravo, e a resposta indignada de um homem livre
“Não há racismo no futebol”, diz Vicente Del Bosque
Jogadores negros ameaçam boicotar Copa de 2018
Negros que ascenderam socialmente continuam sofrendo racismo

Marcos Sacramento, DCM

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 24/Jul/2014 às 12:27

    Agora basta saber se as federações esportivas vão beneficiar o time com torcida racista aplicando W.O., ou se o jogo será cancelado. A atitude no meu ponto de vista, foi legal mas precisa de uma regra pré-definida.

  2. Lucas Postado em 24/Jul/2014 às 15:43

    Vieira, mediano como jogador? Tá louco, mano?? ahhaha Ídolo dentro e fora de campo!

    • Gabriel Postado em 24/Jul/2014 às 17:50

      Foi o mesmo comentário que eu fiz, era craque de bola....

    • Thiago Teixeira Postado em 25/Jul/2014 às 08:08

      E ainda mais Patrick está no encarte do CD do IRON MAIDEN (Virtual XI)!!!!!!!!!!!!!! Só isso basta. http://www.vandohalen.com.br/o-rock-e-a-copa-do-mundo/

    • Leonardo Postado em 26/Jul/2014 às 22:28

      Jogava muito!

    • Johnny Victor Postado em 26/Jul/2014 às 23:53

      hahahaha, apesar do ótimo texto, foi o comentário quem mais me chamou a atenção também. Monstro de volante, vi poucos iguais... ou talvez nenhum... cracasso dentro e fora de campo.

  3. Lilian Panachuk Postado em 24/Jul/2014 às 17:07

    É uma ação que inspira o debate. Afeta a todos que querem ver o time jogar. Sobre a punição de torcidas ou do time, tenho dificuldades em achar justo; a ação racista foi de alguém e devemos responsabilizar o individuo, a não ser se o coletivo ecoar um grito racista. Isto era comum entre 1970, vi no filme do Pelé, e confesso que fico estarrecida só de me lembrar. Nestes casos, claro, punição ao coletivo. Mas punir os atletas, também não acho correto quando é a torcida que vandaliza. Eu gosto de esporte, não de futebol, de outros, mas respeito o atleta e seu esforço. Enfim, é um problema que gera visibilidade a um tema de interesse, e assim podemos discutir a intolerância de uma forma geral (e dar um viva a diversidade, por favor!), que é uma preocupação (minha e do site, e de muitos que sempre debatem aqui).

  4. Gabriel Postado em 24/Jul/2014 às 17:47

    Apenas discordo do "mediano como jogador"....Vieira era um baita volante! Marcou época no Arsenal, Juventus e seleção francesa.

  5. Roizarena Postado em 24/Jul/2014 às 18:16

    Aprecio a qualidade da análise mas devo discordar na questão futebolística quando Vieira é considerado um jogador mediano, acredito que o autor não saiba lá muita coisa de futebol.

  6. Fábio P. R. Postado em 24/Jul/2014 às 21:14

    "Vieira, mediano quando jogador". Entendes bem de sociologia, mas nada de futebol.

  7. leandro Postado em 26/Jul/2014 às 21:06

    O autor nem deve saber quem é Patrick Vieira.. Tava indo bem até falar do futebol mediano(?), o cara era um grande jogador. Esteve entre os melhores do mundo na posição que jogava.

  8. Sérgio Postado em 27/Jul/2014 às 07:52

    Medianos são os brasileiros da seleção, sem exceção.

  9. Fabiano Postado em 27/Jul/2014 às 09:09

    Se vai tecer comentários sobre futebol, o mínimo que deve fazer é se abastecer de informações. Dizer que Patrick Viera é um jogador mediano é sem dúvida uma prova do total desconhecimento do assunto abordado.

  10. denis Postado em 27/Jul/2014 às 10:32

    Uma detalhe: Vieira foi um baita jogador. Excelente volante e campeão pelo arsenal e seleção francesa. :)

  11. murilo Postado em 27/Jul/2014 às 11:26

    Viera foi gênio como jogador!

  12. Gustavo Postado em 27/Jul/2014 às 15:10

    Milan,Arsenal, Juventus, Inter de Milão, Manchester City e campeão mundial com a França e campeão da Euro 2000 como titular. Mediano? kkk